Canal NAT GEO estreia “Ciência do Absurdo” com apresentação de Paulo Bonfá

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 28 março, 2014 10:30

Canal NAT GEO estreia “Ciência do Absurdo” com apresentação de Paulo Bonfá

O programa revisa vídeos com ousadas acrobacias amadoras que deram errado e então explica os erros físicos, biológicos e a engenharia por trás de cada tentativa fracassada

Na era das mídias sociais não é incomum que acrobacias amadoras que deram errado se tornem sensações globais. Sem o talento de um ginasta olímpico ou habilidades de um concorrente do “X Games”, aventureiros tentam manobras perigosas, gravando e postando os resultados, mesmo que frustrantes, em busca de fama na internet. Inúmeros vídeos virais de acidentes de moto, de trampolim, e explosões inesperadas são curtidos e compartilhados todos os dias.

NAT GEO-Ciência do Absurdo-PROMO PHOTOS-28MARCO2014-01
NAT GEO-Ciência do Absurdo-PROMO PHOTOS-28MARCO2014-03O Nat Geo revê alguns dos exemplos mais espetaculares de loucura na nova série “Ciência do Absurdo”, que estreia no sábado, dia 5, às 22h30 com episódio triplo. Apresentada por Paulo Bonfá, esta série de 14 episódios revisa as ousadas façanhas de alguns desafortunados e então explica os erros físicos, biológicos e a engenharia por trás de cada tentativa fracassada.

“O conteúdo do programa tem muito a ver comigo e com minha trajetória de comunicador, pois sempre pus a curiosidade a serviço do entretenimento e do bom humor. E o “Ciência do Absurdo” é curiosidade pura”, afirma o apresentador.

No ano passado, um vídeo viral de um homem tentando ser arremessado como uma bola de canhão em uma piscina com água congelada acumulou mais de 2 milhões de visualizações no Youtube. Ele não foi capaz de quebrar a superfície de gelo, mas a “Ciência do Absurdo” mostra o que deu errado. Com sua sagacidade, Bonfá orienta os telespectadores sobre cada vídeo viral, com piadas e uma dose perspicaz de informações factuais. Ele oferece um curso intensivo em aeronáutica, revendo vídeos de parapentes colidindo em árvores, em um caminhão em movimento e até na Estátua da Liberdade. Já os efeitos biológicos sobre a boca humana são explicados após várias pessoas se atreverem a comer as pimentas mais picantes do mundo ou tentarem engolir uma colher de canela. O programa também mostra o que acontece quando madeireiros amadores fornecem um tutorial em primeira mão sobre os efeitos do corte de uma árvore sem calcular corretamente o centro da massa.

NAT GEO-Ciência do Absurdo-PROMO PHOTOS-28MARCO2014-04

Bonfá conta que nunca tentou fazer nenhum tipo de acrobacia que poderia o colocar entre os acidentes revisados no programa.

“Felizmente eu nunca cometi nenhuma estupidez da qual pudesse me arrepender, mas é impressionante ver como o ser humano pode ser completamente sem noção”, diverte-se.

Em cada episódio, “Ciência do Absurdo” analisa alguns dos melhores vídeos para explicar como e por que as pessoas não conseguem completar suas tarefas. Uma coisa é certa: se eles não entendem a ciência, eles certamente vão se machucar.

NAT GEO-Ciência do Absurdo-PROMO PHOTOS-28MARCO2014-02

 

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 28 março, 2014 10:30


Escreva um comentário

1 Comentário

  1. Lama maio 2, 20:15

    O programa é bem instrutivo. Mostra os segredos da física que nem sabiamos que existiam. Mas o Paulo Bonfá é fraquinho. Tenta ser engraçado tipo Tadeu Schmidt do Fantastico mas sua voz anazalada é muito ruim. Nao trocou o blazer em varios episódio, eheheh… Eita poduçao falha. Mas ler o tele-pronto é o fim pois deixa a piada sem graça ainda mais sem graça. Nada pessoal, viu?!

    Responder a esse comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!