Confira a crítica de O Grande Herói

Lucas Lima
Por Lucas Lima 20 março, 2014 12:01

Confira a crítica de O Grande Herói

O Grande Herói-Poster NacionalO Grande Herói (Lone Survivor)
Direção.: Peter Berg
Roteiro.: Peter Berg, Marcus Luttrell
Gênero.: Ação, Biografia, Drama
Distribuidora.: Paris Filmes
Elenco.: Mark Wahlberg, Taylor Kitsch, Emile Hirsch, Ben Foster, Ali Suliman, Eric Bana, Alexander Ludwig.
Sinopse.: Baseada em fatos reais, a história acompanha o oficial da marinha norte-americana Marcus Luttrell (Mark Wahlberg), enviado ao Afeganistão em busca de um homem de confiança de Osama Bin Laden. Quando ele se depara com um homem idoso e três crianças, ele recebe ordens para matar os quatro, mas Marcus não tem coragem de fazê-lo. O paradeiro dos americanos é decoberto e logo toda a equipe é atacada por 250 homens armados, enviados pela Al Qaeda

Avaliação.: (4/10) Recanto-Adormecido-2.0-Estrelas-F.CINZA-v.01

Em sua filmografia, já bastante saturada, Hollywood tem inúmeras produções que abordam temas de guerra em situações extremas do seu cotidiano. Buscando se reinventar neste gênero, O GRANDE HERÓI, traz situações reais trabalhadas com uma ação pouco convencional. O longa opta em não revelar muitos detalhes sobre a situação do Afeganistão atual, focando apenas na intensidade de suas cenas, mas falha em pontos mais simples de sua construção.

Baseado na autobiografia “O Único Sobrevivente” escrita por Marcus Luttrell, ao iniciar a projeção somos apresentados aos famosos soldados mais bem treinados dos EUA, os SEALs. Mesclando imagens, reais, de treinamento, essa produção procura retratar o sacrifício exercido por tais soldados. 

Lone Survivor-Official Poster Banner PROMO PHOTOS-01AGOSTO2013-07

Escrito e também dirigido pelo cineasta Peter Berg, de ‘Battleship: A Batalha dos Mares’ (2012), em O Grande Herói somos convidados a acompanhar um drama extremamente real sobre um SEAL da Marinha dos EUA, que sobrevive ao meio de uma missão que fracassa. Quatro soldados da Marinha, em uma missão para neutralizar uma operação do alto escalão da Al-Qaeda, mas que sofrem uma emboscada nas montanhas do Afeganistão. Frente a uma decisão moral difícil, o grupo fica isolado, sem socorro e cercado por um forte grupo Talibã, tendo que encontrar uma reserva de energia e resiliência que os faça resistir.

Apesar da história ser bastante intensa e catastrófica, no que se diz respeito a situação que se encontram os SEALs, fica praticamente impossível ao decorrer do filme dizer que demonstramos algo por eles. Essa falta de empatia é visível em todo o roteiro, bastante irregular por sinal, que se preocupa apenas em mostrar os fatos, deixando de lado diversos elementos e personagens secundários. Filmes deste gênero normalmente optam, de forma correta, a trazer uma abordagem humana dos envolvidos, o que deixa o argumento mais compreensível. Mas o que vemos em O GRANDE HERÓI é totalmente o contrário, não conseguimos se preocupar em nenhum momento com os personagens, devido à má construção de seu roteiro, que em certos momentos de ação se torna completamente irreais.

Lone Survivor-Official Poster Banner PROMO PHOTOS-20MARCO2014

Outro fato negativo para o roteiro de Peter Berg, fica por conta dos diálogos, que não convencem nem um pouco. Como o esquadrão mais bem treinados do exército norte-americano não se comunica entre eles com termos básicos? O que vemos no longa são conversas em tom extremamente amadores, que não condiz com a linguagem utilizada no exército. Mas existe uma tentativa notória de trazer o realismo da missão, como na composição do figurino e armas de todos os soldados, além do espírito de ajuda entre os militares. Ponto positivo fica para o trabalho da trilha sonora, que foi cuidadosamente feita com disparos e explosões muito bem retratadas. Além claro da equipe de maquiagem, que fez um trabalho primoroso em todos os soldados.

Como de costumo na distribuição de filmes para o território brasileiro, está produção chega com um título totalmente incoerente com sua proposta. Tal heroísmo que o título menciona não existe em nenhum momento, apenas uma luta de um soldado pela sobrevivência.

O núcleo principal de atores, vivido pelos atores Marcus Luttrell (Mark Wahlberg), Michael P. “Murph” Murphy (Taylor Kitsch), Danny Dietz (Emile Hirsch) e Matthew “Axe” Axelson (Ben Foster), tenta se destacar a uma direção muito irregular que explora muito pouco do ambiente em questão, com planos fechados e uma linguagem superficial.

O drama biográfico O GRANDE HERÓI tem o mérito de tentar ambientar seu público em um cenário real de guerra, mas neste ponto o roteiro e direção de Peter Berg, mostra-se frágil ao ponto de causar em diversos momento uma falta de coerência desconfortante. Menção neste caso para cenas exageradas de ação que os soldados são submetidos, que destoa totalmente da construção do roteiro.

Lucas Lima
Por Lucas Lima 20 março, 2014 12:01


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

A Estrela de Belém

Facebook

Terra Selvagem