Alunos especiais da rede pública de ensino de Igarapava participam de oficina artesanal

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 7 março, 2014 09:02

Alunos especiais da rede pública de ensino de Igarapava participam de oficina artesanal

Entre os dias 10 e 15 de março, crianças com necessidades especiais da EMEIFE Maria Luzia Gonçalves Costa vão participar de oficinas artesanais que fazem parte do projeto “Raspas e Restos”. Nas oficinas, os alunos aprenderão técnicas de empapelamento, construção de toy-arts a partir de tecidos, découpage em MDF, decoração de porta retrato, além de desenvolverem jogos e brinquedos com sucatas.  As aulas são ministradas na própria EMEIFE ao longo dos seis dias pela oficineira Eliza Mancuso.

O objetivo da atividade é estimular estes alunos especiais por meio da arte, a reflexão sobre temas de extrema relevância social e cultural, provocando o público a olhar com todos os sentidos para os valores ambientais e sociais. O projeto tem a realização da 3S Projetos com recursos do Proac (Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo) e conta com o patrocínio da empresa Raizen.

A oficineira Eliza Mancuso explica que na oficina de empapelamento trabalha com as crianças a construção de um cofrinho com formato de animal ou outro personagem, utilizando uma base de bexiga, rolinhos de papel higiênico, jornal, papelão e outros materiais recicláveis. Já a oficina de découpage os alunos irão decorar uma caixa de madeira (MDF), transformado-a em um belo objeto decorativo, criando modelos únicos de acordo com o gosto e a personalidade de cada um.

“Através da linguagem artística, a criança expressa com criatividade seus valores, sentimentos e emoções, favorecendo a abordagem de assuntos que requerem cuidados e atenção. O intuito é levar para essas crianças que necessitam de cuidados especiais uma maneira de estimular todos os seus sentidos e incentivá-los a perceber a cultura a sua volta, utilizando matérias comuns do nosso dia-a-dia e transformando o que viraria lixo em uma atividade útil para seu desenvolvimento”, enfatiza Mancuso.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 7 março, 2014 09:02


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!