Alice no País das Maravilhas se apresenta em Novo Hamburgo e Porto Alegre

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 25 fevereiro, 2014 12:05

Alice no País das Maravilhas se apresenta em Novo Hamburgo e Porto Alegre

Alice no País das Maravilhas, espetáculo do grupo mineiro Giramundo – um dos mais antigos do Brasil dedicado ao teatro de bonecos – usa a técnica para levar a história de Lewis Carroll além de suas fronteiras através de animação, música ao vivo, dança, tipografia e cinema. A montagem chega ao Rio Grande do Sul em maio para apresentação única em Novo Hamburgo, dia 1º, no Teatro Feevale, e para curta temporada em Porto Alegre, de 02 a 04, no Teatro do Bourbon Country.

Pioneiro pela iniciativa de criação dos bonecos digitais de manipulação em tempo real por motion capture – tecnologia já utilizada internacionalmente no cinema, TV e artes plásticas, mas só agora empregada no teatro de bonecos brasileiro – Alice leva o expectador a um mundo hipnótico e sintético de imagens e sons, gerando uma sensação de encantamento e sonho, superando a condição de campo infantil para ganhar formas e temas adultos, dialogando com questões formais, estéticas e políticas complexas, que irão encantar pais e filhos.

Esta versão ao vivo do clássico fundamental da literatura infantil traz como novidade a forte relação com a música pop, expressa no trabalho de John Ulhoa, o produtor musical, e na trilha sonora na voz de Fernanda Takai, no papel de Alice, e Arnaldo Batista, como o Chapeleiro Louco, numa união inusitada e explosiva. As músicas têm letras extraídas do texto do autor, interpretado através do rock, muitas vezes cantadas em inglês, no original.

A montagem mostra a relação entre os músicos da banda, na execução da trilha sonora, os marionetistas e o ator, atuando também ao vivo, e o vídeo e sonoplastia, todos lincados à música. Nessa harmonia entre setores e mídias tão diversos e em tempo real reside a força desta versão.

O espetáculo foi originalmente produzido para adultos, mas teve suas plateias invadidas por crianças, que demonstraram grande interesse pelas cenas, talvez por sua proximidade visual com o cinema, animação e computação gráfica. O tom surrealista e fantástico das cenas e uma indefinição entre objetos reais e projetados, causados pela ilusão de ótica, aliados à riqueza de imagens, a força do texto e a presença musical maciça fazem de Alice um espetáculo ímpar para toda a família.

SOBRE O GRUPO GIRAMUNDO

O grupo Giramundo já está na estrada há 40 anos. Fundado em 1970 por três artistas plásticos da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais – Álvaro Apocalypse, Terezinha Veloso e Maria do Carmo Vivacqua Martins (Madu) –, dedicou-se, ao longo de sua atuação, à pesquisa, preservação e produção do teatro de bonecos em suas variadas formas, criando o Museu e Escola e o Teatro Giramundo. Considerado mais como um centro de pesquisa e de criação do que um grupo convencional de teatro acumulou, como resultado da trajetória, uma grande coleção de marionetes com 1400 bonecos.

A formação acadêmica e plástica de seus fundadores imprimiu no grupo o rigor metodológico no planejamento de seus projetos, por um lado, e a refinada atenção na construção de seus bonecos, por outro. Estas características, unidas ao interesse pela cultura brasileira, trouxeram reconhecimento nacional ao grupo, que garantiu seu lugar na história do teatro brasileiro. Com a contribuição do Giramundo, o teatro de bonecos do país supera a condição de campo infantil para ganhar formas e temas adultos, dialogando com questões formais, estéticas e políticas complexas.

Para comemorar suas quatro décadas na produção de teatro de bonecos, o grupo criou esta montagem de Alice no País das Maravilhas. O espetáculo completa a trilogia Mundo Moderno, composta por Pinocchio, de Carlo Collodi, eVinte Mil Léguas Submarinas, de Julio Verne, já montados. Os três clássicos têm em comum a origem no século XIX e uma índole visionária, servindo de suporte para a reflexão sobre as condições do mundo moderno.

Atualmente, o Giramundo dirige sua atenção para novas formas de animação, principalmente o stop motion, integrando experiências em vídeo com o teatro de bonecos tradicional. Além disso, procura criar bonecos digitais manipulados em tempo real, para uso simultâneo com os bonecos tradicionais.

Alice no País das Maravilhas é a síntese deste momento. A proposta de montagem realiza a condensação da experiência acumulada do Giramundo. O “projeto Alice” prevê pesquisa e inovação no uso do boneco digital, na trilha sonora quadrifônica, na mistura entre stop motion e manipulação em tempo real, e na inclusão da energia elétrica como propriedade dos novos bonecos. O fato do Giramundo criar espetáculos no formato trilogia também provoca um modo complexo de apreciação de propostas plásticas e estéticas pela justaposição de peças distintas unidas por eixos de pesquisa comuns.

O pioneirismo também é uma marca de Alice, principalmente a iniciativa de criação dos bonecos digitais de manipulação em tempo real por motion capture. Sua ideia consiste em animar um personagem digital, em tempo real, com o uso de “sensores de movimento”, criando a animação do modelo, em vídeo, ao vivo. Esta técnica de animação abre possibilidades muito importantes para o teatro de bonecos e pode produzir forte impacto no segmento: (1) a viabilização do boneco digital, não o de cinema – fixo em seus movimentos gravados –, mas o de performance ao vivo; (2) a coexistência de bonecos reais e virtuais; (3) o uso de cenografia digital; (4) a incorporação de características de gravação, edição e comunicação da realidade digital. Esse passo pio neiro, representa apenas a entrada para um mundo ainda inexplorado pelo teatro de bonecos. Como o buraco de coelho onde Alice cai.

SERVIÇO NOVO HAMBURGO
Giramundo em Alice no País das Maravilhas 
Data: 1º de maio
Horário: Quinta-feira, às 15h
Teatro Feevale
Endereço: ERS-239, nº 2755 – Novo Hamburgo – Campus II
Classificação: Livre
Duração: 74 minutos
www.teatrofeevale.com.br

INGRESSOS PROMOCIONAIS
Frisa
R$ 50,00
Balcão Nobre
R$ 50,00
Plateia
R$ 80,00
Camarote
R$ 110,00

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

SERVIÇO PORTO ALEGRE
Giramundo em Alice no País das Maravilhas 
Data: 02, 03 e 04 de maio
Horário: Sexta-feira, às 19h30; sábado e domingo, às 15h
Teatro do Bourbon Country
Endereço:
Av. Túlio de Rose, nº 80 / 2º andar
Classificação: Livre
Duração: 74 minutos
www.teatrodobourboncountry.com.br

INGRESSOS PROMOCIONAIS
Galeria
R$ 50,00
Mezanino
R$ 50,00
Plateia Alta
R$ 80,00
Plateia Baixa
R$ 90,00
Camarote
R$ 110,00

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 25 fevereiro, 2014 12:05


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!