Com homenagem a Waldir Silva, Grupo de Choro Palácio das Artes encerra temporada 2013

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 27 novembro, 2013 08:01

Com homenagem a Waldir Silva, Grupo de Choro Palácio das Artes encerra temporada 2013

Após passar por várias cidades do interior mineiro, o Grupo de Choro Palácio das Artes retorna a Belo Horizonte para encerrar a temporada 2013 no Grande Teatro. A apresentação, que já faz parte do calendário da Fundação Clóvis Salgado, homenageia o músico Waldir Silva, compositor e arranjador mineiro conhecido como “Rei do Cavaquinho”, falecido em setembro deste ano. O espetáculo tem a participação do Ballet Jovem Palácio das Artes e do convidado especial, Zé Carlos.

O Grupo de Choro se prepara para uma das mais excitantes e desafiadoras apresentações, com repertório novo e composições próprias, interpretadas pela primeira vez no Grande Teatro.

Homenagem ao Mestre – São composições autorais: Roque e Reis, de Marcos Danilo, Jogando Bola, de Jean Pedroza, e Ao Mestre, de André Milagres. A composição do violonista André Milagres, feita para o Mestre Zé Carlos, faz parte da homenagem ao Mestre Waldir Silva, renomado cavaquinista, de renome internacional, que se apresentou até seus últimos dias, muitas vezes acompanhado pelo Conjunto Musical, do qual seu irmão, Mauro Silva, é vocalista. Para a homenagem, o grupo recebe o também cavaquinista Zé Carlos, parceiro de longa data de Waldir Silva, para interpretar Ao Mestre eDuas Lágrimas.

“Waldir foi uma inspiração para os componentes do grupo, que já o admiravam como músico. A admiração só cresceu depois que trabalharam juntos no ano passado, em duas ocasiões: primeiro em homenagem à Velha Guarda do Choro e depois no concerto em comemoração aos Cinco Anos do Grupo de Choro”, conta Patrícia. Faz parte da homenagem também um vídeo com passagens da vida de Waldir e de sua apresentação com o Grupo de Choro.

Outro destaque é a música Cinco Gerações, de Osmar Furtado, pai do integrante do Grupo de Choro, Osmar Junior. Durante a execução da música, no telão será exibida uma entrevista que conta a história das cinco gerações de músicos da família Furtado, vinda do Maranhão.

E, repetindo a dobradinha de anos anteriores, o Grupo de Choro Palácio das Artes recebe o Ballet Jovem que interpreta as canções Assanhado, Rosa, Jogando Bola e Brasileirinho, com coreografias criadas pelos próprios bailarinos, especialmente para a ocasião, mais uma das ações de formação promovida pelos Centro de Formação Artística do Palácio das Artes.

Grupo de Choro Palácio das Artes

Formado em 2007 como projeto do Curso de Música do Centro de Formação Artística da Fundação Clóvis Salgado (Cefar), o Grupo de Choro Palácio das Artes integra a política do Governo do Estado de fomento e promoção de jovens talentos, alunos e ex-alunos realizada pela Fundação Clóvis Salgado.

A Instituição é responsável por disponibilizar toda a infraestrutura para a manutenção do grupo e oferece condições para a profissionalização dos jovens artistas, investindo no apuro técnico, na experimentação e na sua valorização e divulgação junto ao público.

O grupo se apresenta no Grande Teatro do Palácio das Artes, em espaços públicos da cidade de Belo Horizonte, cidades do interior do Estado e em festivais do gênero, contemplando a execução de obras de nível técnico avançado, que valoriza esse gênero marcante da música brasileira.

A elaboração de arranjos pelo Grupo de Choro possibilita a criação de uma linguagem própria bastante peculiar, permitindo que os jovens integrantes desenvolvam sua capacidade técnica, sua habilidade de criação e interpretação de um estilo brasileiro nacional e internacionalmente reconhecido pela riqueza e diversidade. A professora do Cefar Marilene Trotta é a coordenadora musical do grupo.

Ballet Jovem Palácio das Artes

O Ballet Jovem Palácio das Artes integra a política do Governo de Minas de fomento e promoção de jovens talentos realizada pela Fundação Clóvis Salgado.

A Instituição é responsável por disponibilizar toda a infraestrutura para a manutenção do grupo e propicia condições para a profissionalização dos jovens artistas, investindo no apuro técnico, na experimentação e na sua valorização e divulgação junto ao público.

O Ballet Jovem Palácio das Artes é formado por bailarinos com idade a partir de 15 anos que são preparados para atuar em companhias e grupos profissionais de dança.

Fundado em 2007, o Ballet Jovem conquistou prêmios em quase todas as categorias indicadas pelo SESC/SATED e USIMINAS/SINPARC: maior público, melhores bailarino/bailarina, concepção coreográfica, coreógrafo e figurino. O grupo recebeu também os prêmios de revelação nas categorias bailarino e bailarina.

SERVIÇO
Evento: Grupo de Choro Palácio das Artes
Local: Grande Teatro do Palácio das Artes
Data: 4 de dezembro de 2013
Horário: 20h30
Preço: R$10 inteira e R$5 meia entrada
Informações para o Público: (31) 3236-7499
fcs.mg.gov.br

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 27 novembro, 2013 08:01


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel