Com Antonio Fagundes, Sandy Leah e Marat Descartes, longa nacional QUANDO EU ERA VIVO ganha TRAILER inédito!

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 20 novembro, 2013 11:00

Com Antonio Fagundes, Sandy Leah e Marat Descartes, longa nacional QUANDO EU ERA VIVO ganha TRAILER inédito!

O longa-metragem nacional QUANDO EU ERA VIVO, dirigido por Marco Dutra, ganhou o seu primeiro trailer completo. Produzido pela RT Features, com distribuição da Vitrine Filmes, o longa fala sobre complexas relações familiares e a impossibilidade de recuperar o passado, sob um inusitado viés de suspense. O filme é baseado no livro “A Arte de Produzir Efeito Sem Causa”, de Lourenço Mutarelli. 

Após o fim do casamento e a perda do emprego, Júnior (Marat Descartes) retorna à casa do pai (Antonio Fagundes). Mas esta não é mais a casa de sua infância. Seu quarto agora é habitado pela jovem inquilina Bruna (Sandy Leah) e todo o ambiente lhe parece inóspito e opressor. No quartinho dos fundos, Júnior encontra objetos estranhos que pertenciam à sua mãe, incluindo uma misteriosa mensagem criptografada. Certo de que a compreensão da mensagem é a chave para entender melhor seu passado e seu presente, Júnior desenvolve uma obsessão pela história da família, ao mesmo tempo em que acontecimentos sombrios passam a fazer parte da rotina da casa.

A vontade de saber o que de fato perturba Júnior conduz QUANDO EU ERA VIVO a uma atmosfera de suspense. A cada cena, o gênero se apossa mais da narrativa. O diretor Marco Dutra foi particularmente influenciado por filmes de gênero:

“Faço parte de uma geração que cresceu vendo filmes alugados em VHS (e, mais tarde, em DVD). Para mim, sempre foi natural a divisão do cinema em gêneros: musical, comédia, suspense, horror, aventura… Sem hierarquia entre eles. Mas os filmes nacionais sempre ficavam separados de todos os outros. Sinto que os cineastas de agora não aceitam mais esse tipo de segregação. Há uma percepção de que somos capazes de fazer qualquer tipo de filme. Não há nenhuma história que não sejamos capazes de contar. Nossa função, portanto, é contá-las.” 

QUANDO EU ERA VIVO-Official Poster Banner PROMO PHOTOS-20NOVEMBRO2013-01

O elenco de QUANDO EU ERA VIVO conta com nomes como Antonio Fagundes, Sandy Leah e Marat Descartes, este cada vez mais consolidado como um dos grandes atores do cinema nacional contemporâneo – ele trabalhou anteriormente com Marco Dutra e Juliana Rojas em “Trabalhar Cansa” (2011), e ganhou o Kikito de Melhor Ator no 40o Festival de Gramado, em 2012, por sua atuação no longa “Super Nada”. “Um nome que sempre esteve presente foi o do Antonio Fagundes. Ele sempre foi o personagem do pai. Marco fez excelentes sugestões, como a Sandy e o Marat, que tem com ele uma parceria de longa data”, conta o produtor Rodrigo Teixeira, da RT Features; “Foi uma mistura bem sucedida”.

A estreia em circuito comercial acontece em 31 de janeiro de 2014.

QUANDO EU ERA VIVO

Baseado no livro “A Arte de Produzir Efeito Sem Causa”, de Lourenço Mutarelli
Direção: Marco Dutra
Produção: Rodrigo Teixeira
Produção Executiva: Raphael Mesquita
Roteiro: Gabriela Amaral Almeida e Marco Dutra
Direção de Fotografia: Ivo Lopes Araujo
Direção de Arte: Luana Demange
Figurino: Diogo Costa
Maquiagem: André Anastácio
Montagem: Juliana Rojas
Comontador: Bernardo Barcellos
Desenho de Som: Daniel Turini e Fernando Henna
Mixagem: Paulo Gama
Som Direto: Gabriela Cunha
Música: Guilherme Garbato, Gustavo Garbato e Marco Dutra
Elenco: Antonio Fagundes, Marat Descartes, Sandy Leah, Gilda Nomacce, Kiko Bertholini, Helena Albergaria, Rony Koren, Tuna Dwek, Lourenço Mutarelli, Eduardo Gomes, Lilian Blanc, Carlos Albergaria e Marc Libeskind
Distribuição: Vitrine Filmes

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 20 novembro, 2013 11:00


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!