Roberto Piva ganha homenagem em evento em diversos locais de São Paulo

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 9 outubro, 2013 13:06

Roberto Piva ganha homenagem em evento em diversos locais de São Paulo

Neste mês, o poeta Roberto Piva ganha homenagem no Centro Cultural São Paulo (CCSP), no Cine Olido, na Biblioteca Pública Alceu Amoroso Lima e no Centro Cultural da Juventude (CCJ). Entre os dias 16 e 20, o projeto “Epivanias” reúne shows, debate, palestra, espetáculo de dança, leituras e exibição de filme.

Com inspirações em Dante Alighieri e na literatura beat, o escritor foi considerado um dos mais expressivos nomes da poesia marginal no Brasil. Seu primeiro livro, “Paranoia” (1963), sobre a cidade de São Paulo, foi concebido por meio de um método criado pelo pintor surrealista Salvador Dalí, chamado “paranoico-crítico”, que consiste na fixação em um detalhe e na construção de um mundo alucinatório em torno dele. Morto em 2010, Piva é um dos três brasileiros citados no Dicionário Geral do Surrealismo, de publicação francesa.

Para Caco Pontes, idealizador do projeto, a característica mais marcante da obra ousada e inteligente do poeta é seu caráter “transgressor e libertário, que subverte os valores morais da sociedade, cutuca toda sua hipocrisia inerente e provoca pela libertação do corpo e espírito.”

O título “Epivanias” é um neologismo com o sobrenome do poeta e a palavra “epifania”, que, segundo Pontes, está ligada a tudo o que inspirou e influenciou a vida e a obra do autor. “São manifestações no sentido metafísico, dos sonhos de experiências místicas, o que produz uma grande imersão no imaginário de Piva.”

A abertura do evento ocorre dia 16, no CCSP, com o show “São Paulo Não É de Hoje”, de Gustavo Galo e convidados. No dia 17, o Cine Olido exibe o documentário “Uma Outra Cidade”, de Ugo Giorgetti. Dias 18 e 19, a Alceu Amoroso Lima recebe o recital “Parabólicas Paranoicas”, o show “Pato Preto”, a performance “Chá com Brócolis”, de Luciana Annunziata, e a palestra “Os dentes da memória”, com Camila Hungria e Renata D’Elia.

No encerramento do projeto, dia 20, o CCJ reúne os poetas Cláudio Willer, Roberto Bicelli, Sergio Cohn e Heyk Pimenta para falar sobre a relação poesia e delírio na obra de Piva. Sobre esse tema, Pontes cita uma frase do homenageado: “eu só acredito no delírio, do qual a poesia é uma das manifestações”. Ainda nesse dia, ocorre a apresentação do espetáculo da Cia. de Danças de Diadema: “Paranoia”.

Programação

CINEMA: UMA OUTRA CIDADE
(Brasil, 2000, 58 min, documentário, DVD). Dir.: Ugo Giorgetti. +14 anos.
A capital paulista na virada da década de 50 e 60 a partir das lentes dos artistas Rodrigo de Haro, Antônio Fernando de Franceschi, Cláudio Willer, Jorge Mautner e Roberto Piva.
Galeria Olido – Cine Olido. Av. São João, 473. Centro. | tel. 3331-8399 e 3397-0171. Dia 17, 19h. R$ 1

RECITAL E POCKET-SHOW
Recital: “Parabólicas Paranóicas”. Com Barbara Uila, Celso de Alencar e Chiu Yi Chi. Pocket-show: Caco Pontes e Loop B.
Biblioteca Pública Alceu Amoroso Lima. Av. Henrique Schaumann, 777, Pinheiros, Próximo da Praça Benedito Calixto. Zona Oeste. Dia 18, 19h

PERFORMANCE, PALESTRA E POCKET-SHOW
Performance: “Chá com Brócolis”. Com Luciana Annunziata. Palestra: “Os Dentes da Memória”. Com Camila Hungria e Renata D’Elia. “Pato Preto”. Com Ana Kehl de Moraes, Ana Luisa Saad Pereira, Laura Rosembaun, Lia Biserra, Paloma Mecozzi e Sofia Botelho de Almeida.
Biblioteca Pública Alceu Amoroso Lima. Av. Henrique Schaumann, 777, Pinheiros, Próximo da Praça Benedito Calixto. Zona Oeste. Dia 19, 17h

DEBATE: POESIA E DELÍRIO
Com Cláudio Willer, Roberto Bicelli, Sergio Cohn e Heyk Pimenta.
Centro Cultural da Juventude – Espaço Sarau. Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha. Próximo do Terminal de Ônibus Cachoeirinha. Zona Norte.| tel. 3984-2466. Dia 20, 14h

DANÇA: PARANOIA
Cia. de Danças de Diadema. Coreografia e dir.: Ana Botosso. 60 min. +14 anos.
Como palavras impressas em muros de uma cidade imaginária, os elementos dramáticos da coreografia se materializam, mostrando a continuidade da noite-dia como se fossem versos repetidos nos corpos em conflito, reproduzindo a dualidade dos sentimentos.
Centro Cultural da Juventude – anfiteatro. Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha. Próximo do Terminal de Ônibus. Cachoeirinha. Zona Norte.| tel. 3984-2466. Dia 20, 14h (na sequência do debate)

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 9 outubro, 2013 13:06


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel