CAIXA Cultural São Paulo apresenta a exposição “Gomide, um Modernista entre Paris e São Paulo”

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 4 outubro, 2013 16:09

CAIXA Cultural São Paulo apresenta a exposição “Gomide, um Modernista entre Paris e São Paulo”

CAIXA Cultural São Paulo apresenta, a partir de 12 de outubro, sábado, a exposição “Gomide, um Modernista entre Paris e São Paulo”, que mostrará aquarelas, desenhos e gravuras produzidas pelo artista, na Europa e no Brasil, entre 1920 e 1960. Com curadoria do jornalista e crítico de arte Alberto Beutenmüller, mostra fica em cartaz até 8 de dezembro. O patrocínio é da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal.

A exposição, que trará cerca de 50 obras de autoria de Antonio Gomide, conta ainda com estudos para futuras obras, que jamais foram expostos, cedidos especialmente pela família do artista. Em 2012 completou 45 anos de sua morte, por isso o momento é propício para mostrar ao público a sua produção, que se relaciona com o grupo de artistas da Semana de Arte Moderna de 1922.

O artista:

Pintor, escultor, decorador e cenógrafo, em 1913 acompanhou a família, em mudança para a Suíça, e frequentou a Academia de Belas Artes de Genebra. Na década de 1920, mudou-se para a França. Em Toulouse, trabalhou com Marcel Lenoir, com quem aprendeu a técnica do afresco. Em 1924, em Paris, entrou em contato com movimentos de vanguarda. Sua obra é marcada essencialmente por essa experiência parisiense, onde teve oportunidade de conviver com modernistas brasileiros, como Tarsila do Amaral e Victor Brecheret. Entrou em contato também com a arte de Pablo Picasso e Georges Braque, entre outros importantes artistas da época.

Em 1929, retornou ao Brasil, onde teve participação importante no panorama da arte nacional. Em 1932, atuou na fundação da Sociedade Pró-Arte Moderna e do Clube dos Artistas Modernos. Suas obras aliam formas abstratas a motivos indígenas ou a composições com paisagens. Na área das artes decorativas, com sua irmã Regina Graz e John Graz, é considerado um dos introdutores do estilo art deco no país.

Antonio Gomide realizou e participou de diversas exposições em São Paulo e no exterior, inclusive da I Bienal de São Paulo. Apesar da aproximação com tendências internacionais, manteve sua obra muito pessoal. Ele não obedeceu a nenhuma teoria pré-estabelecida. Procurou um estilo próprio. É considerado um artista completo, expressando-se nas mais variadas técnicas. Sua vasta produção e sua força criadora o colocam na História da Arte Brasileira.

SERVIÇO
Exposição: “Gomide – Um modernista entre Paris e São Paulo”
Abertura para convidados, imprensa e visita guiada com o curador: 12 de outubro de 2013 (sábado), às 11h
Visitação: de 12 de outubro a 8 de dezembro de 2013
Horário de visitação: de terça-feira a domingo, das 9h às 19h
Local: Caixa Cultural São Paulo – Praça da Sé, 111 – Centro – próximo à Estação Sé do Metrô
Acesso para pessoas com necessidades especiais
Entrada franca
Recomendação etária: livre
Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 4 outubro, 2013 16:09


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário


Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/storage/4/63/73/recantoadormecido2/public_html/wp-content/themes/allegro-theme/functions/filters.php on line 188

Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/storage/4/63/73/recantoadormecido2/public_html/wp-content/themes/allegro-theme/functions/filters.php on line 189
<

Facebook