Teca Figueiredo lança EP ACID SOUL no Teatro Café Pequeno com o show “BUTTERFLY GLITTER”

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 9 setembro, 2013 17:10

Teca Figueiredo lança EP ACID SOUL no  Teatro Café Pequeno com o show “BUTTERFLY GLITTER”

Cantora há mais de 20 anos, Teca Figueiredo se reinventa e reúne elementos sonoros de diversas fases de sua vida para lançar seu próximo trabalho, o  Ep “Acid Soul”, que  é uma grande viagem no tempo, começando pelos anos 70 e 80 e todas as suas performances, passando por todo movimento eletrônico dos anos 90 /2000 e seus ritmos como Techno, acid, house, trance e drum’n’bass.

“Essa ideia na verdade já existia na Disco Music, mas que a evolução tecnológica permite hoje chegarmos mais longe, libertando fantasias e a criatividade musical, e com isso, expressar a ideia, de que cada ser humano tem o direito de escolher como quer viver sua vida”– diz Teca.

Com  apresentação agendada para o próximo dia 17 de setembro no Teatro Café Pequeno, a cantora será acompanhada por bailarinos e cantará em cima da base ao lado do guitarrista Nito Lima. Na mesma noite, será apresentado aos convidados da festa, o  Clipe Philadelphia Freedom. 

Teca iniciou a carreira estudando canto lírico e rapidamente enveredou para as artes dramáticas, onde atuou em diversas peças teatrais e musicais. Suas influências musicais vão de Led Zeppelin, Jimi Hendrix, David Bowie, aos brasileiros Milton Nascimento, Caetano Veloso, Gilberto Gil, entre outros.

“Eu sou do Rock’n Roll, do blues e do soul. Adoro a boa disco music, que para mim é uma derivação da soul music. Tenho uma pegada bem hard rock no meu estilo de cantar” – avalia Teca.

Quem se depara com a cantora cheia de energia, pronta para estrear um novo trabalho com o fôlego de uma iniciante e a experiência de quem já passou por diversos movimentos musicais no país, se surpreende ao saber que Teca é portadora de Esclerose Múltipla. Diagnosticada em 2008, Teca já estava doente desde 1998, quando ficou cega pela primeira vez. Morando com a família em Campo Grande (MS), retornou para o Rio em 2006 e seus familiares atribuíam as crises a uma reação psicossomática, devido ao fato de uma gravidez complicada e a opção de se tornar mãe solteira. Em 2008 a doença se agravou e Teca ficou cega pela segunda vez, perdeu os movimentos do braço e sofria de insuficiência respiratória.

“Fiquei dez anos em remissão parcial e me sentindo muito mal, mas ninguém dava muita bola. No auge dos ataques da Esclerose Múltipla eu estava sozinha com uma criança de 11 anos para cuidar e sem dinheiro. Tinha que anotar tudo, inclusive o meu nome” – conta.

Em 2009, bem debilitada, Teca gravou o CD “Consagrada ao Divino” ao lado do amigo Carlos Malta e disponibilizou cinco faixas no Youtube.

“Achei que aquele seria o meu último trabalho. A vontade e a alegria de cantar e o profundo amor pela minha filha Júlia me mantiveram esse tempo todo em busca de um tratamento efetivo da doença” – diz.

A virada em sua vida aconteceu em 2010, quando conheceu o médico Cícero Coimbra, de São Paulo, e iniciou um tratamento com Vitamina D.

“Esse trabalho vem traduzir realmente o que sinto hoje: O importante é realizar o que está no seu coração” – conclui.

SERVIÇO
Teca Figueiredo – Show Butterfly Glitter
Local: Teatro Café Pequeno
Endereço: Avenida Ataulfo de Paiva, 269
Telefone: (21) 2294-4480
Data: 17 de Setembro de 2013
Horário: 20:00 h
ENTRADA FRANCA – Sujeito à lotação
CLASSIFICAÇÃO: Livre

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 9 setembro, 2013 17:10


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!