“Geometria Fragmentada” ocupa todos os espaços da Galeria Contempo

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 9 setembro, 2013 08:01

“Geometria Fragmentada” ocupa todos os espaços da Galeria Contempo

Um convite à interação por meio de formas geométricas que se formam e se deformam. Construção e desconstrução em ação contínua. Assim pode ser apresentada a mostra “Geometria Fragmentada”, em cartaz na Galeria Contempo a partir de 16 de setembro. Com produção e curadoria de Andrés I. Martín Hernández, o espaço reunirá trabalhos variados — instalações, esculturas, pinturas, videoarte — de 18 artistas plásticos, entre eles a premiada artista plástica Regina Silveira, e jovens talentos da arte contemporânea.

Inovadora não apenas em sua concepção, a exposição também dará início a uma nova experiência na Contempo, a de intercâmbio intergalerias, abrigando obras de artistas representados por outras galerias, dentre elas a Luciana Brito. A partir dessa interatividade, a Contempo abre, assim, um canal de diálogo que reflete, na praticidade, uma conectividade convergente, que é essencial à comunicação entre arte e público. “Esta proposta de intercâmbio com outros espaços dedicados à arte é um exemplo, inequívoco, de se vivenciar a fragmentação à qual nos referimos, na medida em que eliminamos as demarcações e as fronteiras dos sentidos”, afirma Marina Felmanas, uma das sócias-proprietárias da galeria.

Complementarmente, Hernández destaca: “A apropriação dos espaços da galeria pelo elenco de artistas reunido é uma resposta ao prisma curatorial que baliza a mostra: interpretar a geometria como viés sensorial e metafórico” E, nesse sentido, esta exposição vem validar o DNA da galeria. “Mais do que reiterar nossa proposta de trabalho,Geometria Fragmentada reforça o compromisso de mantermos as portas abertas a novos talentos, apostando em linguagens estéticas diferenciadas que legitimam nossos propósitos, os de identificar, valorizar e projetar novos talentos”, reafirma Marina.

Artistas participantes: Adriana Conti Melo, Alê Souto, Alexis Iglesias, Analivia Cordeiro, Angella Conte, Caio Caruso, Camilla Rodrigues Marangão, Felippe Morães, Fernando Limberger, Júlio Barreto, Leovel Tornés, Lola Costi Martín, Luciana Felippe, Marcello Vitorino, Oscar Saavedra Kovach, Raphaël Zarka, Regina Silveira e Tiago Tebet.

Sobre Andrés I. Martín Hernández: produtor e curador, Andrés Inocente Martín Hernández, cubano de nascimento e radicado no Brasil há 14 anos, é o idealizador e organizador de “Geometria Fragmentada”. Mestre em Artes Visuais, Hernández foi  coordenador executivo da Curadoria , do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) durante cinco anos (2005-2010), onde já atuava desde 1999, como assistente de curadoria. Antes disso, entre 1994 e 1998, coordenou o departamento de exposições da Bienal de Havana (Cuba). Entre seus muitos trabalhos, destacam-se, ainda, projetos com a Pinacoteca do Estado de São Paulo, a Fundação Colouste Gulbenkian (Lisboa/ Portugal), o Centre Pompidou (Paris/ França) e a Arco (Madri/ Espanha).

Sobre a Galeria Contempo

Galeria de arte contemporânea localizada na Vila Madalena, em São Paulo, a Contempo é a materialização de um ideal estético das irmãs Marina, Mônica e Márcia Felmanas, filhas de Miguel Felmanas, da famosa Galeria Pro Arte, que buscavam um espaço no qual pudessem acolher e apresentar novas poéticas das artes contemporâneasHerdeiras naturais do savoir faire e do olhar atento para perceber a potência das expressões artísticas clássicas e de vanguarda, sem perder de vista o desejo subjetivo e transitivo do mercado, a Contempo foi inaugurada em março de 2013, com foco em colecionadores e apreciadores da atual produção artística. Em seu acervo, acolhe obras e trabalhos assinados por jovens promissores e talentosos, como Antonio Bokel, Rafael Suriani, Fernanda Guedes, Eric Jonsson, David Magila, Fernanda Izar, Luciana Felippe, Alvaro Tomé, Claus Lehman e Ulisses Garcez. Ao reunir distintas linguagens e estéticas, a galeria transita no universo da pintura, do desenho, da gravura, do tridimensional e da fotografia, aproximando-se, ainda, de ‘lugares’ não tão ‘visitados’, como a moda, HQs e arte de rua.

SERVIÇO
Geometria Fragmentada
Idealizadoras: 
Marina, Mônica e Márcia Felmanas.
Curador: 
Andrés I. M. Hernández
Vernissage: Dia 16 de setembro (segunda-feira), às 20h. Somente para convidados.
Data da exposição: de 17 de setembro a 17 de outubro e 2013.
Horário: De terça a sexta, das 10h às 19h (fechada aos sábados e domingos).
Onde: Rua Mourato Coelho, 1.246, Vila Madalena, São Paulo – SP.
Ingresso: Gratuito.
Infos: Tel: (11) 3032-5795 ou www.galeriacontempo.com.br
Estacionamento: Conveniado no local.
Acesso para cadeirante: Sim
Para quem: Colecionadores e apreciadores da atual produção artística.

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 9 setembro, 2013 08:01


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Brincando com Fogo

Facebook

Reino Gelado e a terra dos espelhos