MIS exibe retrospectiva de filmes que integraram o Festival Internacional de Cinema de Locarno

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 6 agosto, 2013 14:00

MIS exibe retrospectiva de filmes que integraram o Festival Internacional de Cinema de Locarno

Em parceria com Festival de Cinema de Locarno, e paralelo à 66º edição do evento, o MIS exibe retrospectiva de filmes que integraram o Festival desde 2000. Destaque para “Acidente”, único filme brasileiro que integrou a mostra competitiva.

mis-festival-internacional-de-cinema-de-locarno-official-poster-banner-promo-06agosto2013

O MIS, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, exibe, entre os dias 9 e 15 de agosto, retrospectiva com filmes de autores que primam pela liberdade da linguagem cinematográfica e que compuseram a programação do Festival Internacional de Cinema de Locarno, grande plataforma de lançamento de filmes do cinema de autor e que ocupa posição de destaque entre os maiores festivais de cinema mundiais. A entrada é gratuita.

Há 66 anos, no mês de agosto, a cidade de Locarno, na Suíça, se torna sede do Festival Internacional de Cinema de Locarno. Oferecendo um apanhado das novas produções ao redor do mundo e das novas perspectivas da filmagem, o festival é voltado para novos diretores e para o cinema emergente. Também foi um dos primeiros festivais a abrir espaço para a cinematografia do Leste Europeu, a exibir um filme chinês e a dar prêmios a diretores soviéticos, além de desenvolver e apoiar o cinema suíço. O Festival deste ano contará com a presença de representantes do Programa Cinema do Brasil – dedicado à internacionalização do cinema brasileiro –, com o objetivo de ampliar a participação dos filmes nacionais na próxima edição.

:::CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:::

09.08 SEXTA

Acidente
Direção: Cao Guimarães e Pablo Lobato, Brasil, 2006, 72 min, DVD, cor
Único filme brasileiro que integrou a Mostra Competitiva do 59° Festival Internacional de Cinema de Locarno, em 2006, teve sua estreia na seção “Cineastas do Presente”. O filme se constrói como um poema – ou ensaio – a partir dos nomes de 20 cidades do Estado de Minas Gerais, todas com até 6 mil habitantes, montando uma espécie de crônica sobre a fugacidade da vida através do que acontece arbitrariamente diante da câmera.

10.08 SÁBADO

Primavera, Verão, Outono, Inverno… e Primavera
Direção: Kim Ki-Duk, Coreia do Sul, 2003, 103 min, DVD, cor
Tido como uma das grandes revelações do Festival em 2003, o quinto filme de Kim Ki-Duk, um dos grandes nomes do cinema sul-coreano, divide-se em cinco partes que representam fases da vida; a infância, adolescência, maturidade, superação e o recomeço. Ganhador do prêmio NETPAC (Network for the Promotion of Asian Cinema).

11.08 DOMINGO

Rubber
Direção: Quentin Dupieux, França, 2010, 85 min, DVD, cor
Exibido em 2010 no Festival de Locarno, o filme de Dupieux, vulgo Mr. Oizo para aqueles o conhecem através da música eletrônica – e que também assina a trilha sonora do filme – narra a história de um pneu que ganha vida e descobre ter poderes paranormais. Uma paródia às produções hollywoodianas e àquelas feitas nos anos 70 com baixo orçamento, foi um dos grandes representantes do cinema de vanguarda do Festival naquele ano.

13.08 TERÇA

Juízo
Direção: Maria Ramos, Brasil, 2007, 90 min, DVD, cor
Também exibido na seção “Cineastas do Presente”, em 2007, “Juízo” foi o único filme lusófono da seção. Nesse documentário, Maria Ramos aborda a realidade de um centro de recuperação de menores em cumprimento de sentenças judiciais, no Instituto Padre Severino, Brasil. Com atores amadores, o documentário segue sem mostrar o rosto de seus personagens.

14.08 QUARTA

Filmefobia
Direção: Kiko Goifman, Brasil 2008, 80 min, DVD, cor
Outro filme da seção “Cineastas do Presente” do Festival de Locarno, do ano de 2008, o filme de Goifman é quase uma experiência em laboratório, na qual documenta experiências de fobia de diversas pessoas. Aplaudido de pé pelo público do Festival após sua exibição.

15.08 QUINTA

Gerry
Direção: Gus Van Sant, EUA, 2002, 103 min, DVD, cor
Provocador de reações extremas quando exibido no Festival de Locarno, Gerry procura ser um retrato fiel do que aconteceu com dois adolescentes. Baseado em um caso verídico de dois jovens que se perderam no deserto, Gus procura abordar sem psicologismos o ocorrido. Produzido e protagonizado por Matt Damon, o filme recebeu indicação para a categoria de Melhor Realizador no Festival, em 2002. 

SERVIÇO
Evento: RETROSPECTIVA FESTIVAL DE CINEMA DE LOCARNO
Data: 9.08 a 15.08 (exceto dia 12)| Horário: 19h
Local: Auditório MIS (172 lugares)
Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo
Classificação etária: Livre
Ingressos: gratuito (sujeito à lotação da sala – retirada de ingressos com uma hora de antecedência na recepção do MIS)
Informações para o público: (11) 2117 4777
*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.
Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 6 agosto, 2013 14:00


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!