Cia Vagalum Tum Tum apresenta Othelito no Sesc Piracicaba

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 14 junho, 2013 18:01

Cia Vagalum Tum Tum apresenta Othelito no Sesc Piracicaba

A Cia Vagalum Tum Tum encena espetáculo livremente inspirado em Otelo, do bardo inglês William Shakespeare, no domingo 23/6, às 11h, no Teatro do Sesc Piracicaba, com entrada gratuita.

Escrita e dirigida por Ângelo Brandini, a peça é uma livre adaptação do clássico de William Shakespeare. Com o humor da Commedia Dell’arte e o olhar do palhaço, narra o tumultuado romance entre a jovem Desdêmona e o capitão mouro Othelito, que supera o preconceito do pai da moça, o senador Brabâncio, mas esbarra nas intrigas do amigo Iago.

Máscaras, mímica, piruetas e cambalhotas compõem o arsenal interpretativo que a trupe usa para revelar a faceta cômica do personagem de Shakespeare. Nada mais natural para um elenco que, ao lado do diretor, tem formação artística de palhaço e trabalha na ONG Os Doutores da Alegria. Na montagem, os personagens se revestem de arquétipos humanos, com um toque de palhaço, para ressaltar a polaridade de sentimentos como amor, ciúme, inveja, ambição, egoísmo e generosidade. Fiel à Commedia Dell’arte, gênero contemporâneo à época de Shakespeare, a troca de figurino e os efeitos sonoros são feitos perante o público.

Escrita em 1604, Otelo, o Mouro de Veneza é uma das principais tragédias de William Shakespeare (1564-1616). No original, Otelo é o general negro que se torna um dos principais chefes militares a serviço do reino de Veneza. Apesar de sua posição de prestígio, tem de lutar contra o preconceito da corte para casar-se com a jovem e bela Desdêmona. Num ambiente cheio de disputas de poder, Iago, subalterno que odeia e inveja Otelo, semeia as intrigas para levar o mouro a enlouquecer de ciúme. Nesta versão a proposta é trocar os elementos trágicos originais por uma história capaz de fazer a plateia gargalhar. A começar pelos personagens principais que foram transformados em arquétipos típicos da Commedia Dell’Arte. Othelito é o Capitão, sujeito medroso que vive cantando bravatas.

Soma-se a esses arquétipos, o estilo “palhacesco”. Nas cenas, a trama se desenrola em meio a cambalhotas, piruetas, trocas de tapas e quedas. As máscaras da típicas da linguagem teatral italiana surgem com novos contornos, com destaque para as sobrancelhas e os narizes semelhantes aos dos palhaços. Também não há coxia. A troca dos trajes de época é feita perante a platéia. Os próprios atores fazem os efeitos especiais e a trilha sonora. Para isso, usam desde instrumentos insólitos como o kazu (um instrumento de sopro) até uma chapa de zinco para simular o barulho da tempestade. “Queremos revelar para a garotada os bastidores do teatro”, diz Ângelo.

O espetáculo foi Ganhador do Prêmio da APCA 2007 e FEMSA 2007 de Melhor Texto Adaptado, além do Prêmio de Melhor Espetáculo Infantil do 11o Festival Cultura Inglesa.

SERVIÇO
Othelito com Cia. Vagalum Tum Tum
Data: dia 23 de junho, domingo, às 11h
Sesc Piracicaba
Endereço:
Rua Ipiranga, 155 – Centro
Local: Teatro
Classificação: Não recomendado para menores de 4 anos.
Entrada Gratuita
Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência.
 

Oficina
Com Ângelo Brandini
Data: dia 23 de junho, domingo, às 14h.
Sesc Piracicaba
EndereçoRua Ipiranga, 155 – Centro
Local: Teatro
Classificação: Não recomendado para menores de 16 anos.
Entrada Gratuita
Inscrições na central de atendimento.

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Fonte: Assessoria de Imprensa/SESC

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 14 junho, 2013 18:01


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel