Apadrinhado por CRIOLO em sua 2ª edição, Festival Encantado terá 10 horas de Música e Arte

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 maio, 2013 16:09

Apadrinhado por CRIOLO em sua 2ª edição, Festival Encantado terá 10 horas de Música e Arte

No dia 8 de junhosábado, o Festival Encantado 2013 terá um dia inteiro de programações, com abertura dos portões às 13h e último live-show às 21h. Saborear a inusitada gastronomia da floresta e dançar ao ar livre no por do sol fazem parte do programa.

Apadrinhado por CRIOLO em sua 2ª edição, Festival Encantado terá 10 horas de Música e Arte

Os  headliners se apresentarão às 17h: ESG (NY/BRONX) e às 19h: CRIOLO. Ingressos Limitados.

Depois de reunir no ano passado um elenco internacional encabeçado por Seu Jorge e pelo francês Matthieu Chedid, o Festival Encantado está de volta, em mais uma maratona de música e arte contemporânea no interior da maior floresta urbana do mundo, tendo como padrinho o músico Criolo. No dia 8 de junho, o Rio de Janeiro sediará o festival internacional pela segunda vez, no recanto com vista deslumbrante da Praia da Barra conhecido como Vale Encantado, no Alto da Boa Vista.

O Festival Encantado promove mais uma vez um eclético encontro artístico de tendências, estilos e ritmos, composto pelos artistas franceses na nova geração como o rapper CSEN e DJ DAX, o coletivo de produtores do ClekClek Boom com os  djs French FriesMinistre X e The Boo, o antológico DJ do Favela Chic de Paris e Londres, Gringo da Parada, a presença carismática da cantora brasileiraSimone Mazzer e, pela primeira vez no Brasil, o lendário grupo feminino de hip-hop/pós-punk dos anos 80, E.S.G, diretamente do Bronx, Nova York. O elenco do Festival Encantado contará ainda com o grupo musical-performático paulista Voodoohop, liderado pelo DJ Thomash, que coleciona apresentações que vão do Carnaval carioca ao Fusion Festival na Alemanha, o sambista de raiz Rudão, diretamente de Minas Gerais para as rodas de samba cariocas, e a Escola de Samba Alto da Boa Vista. Completam a programação dois projetos do designer paulista Ygor Marotta: o duo performático VJ Suave, formado ao lado de Ceci Soloaga, que realiza intervenções de tecnocultura, artes plásticas e animação digital, e o Mais Amor Por Favor, movimento de intervenção urbana surgido em 2009 a partir de cartazes com a frase, que ganhou as ruas de São Paulo e se alastra pelas grandes cidades para despertar a reflexão sobre um mundo menos violento, mais solidário e com mais educação, respeito, afeição, gentileza e amor.

Criado para divulgar e apoiar o desenvolvimento econômico, social e ambiental da Comunidade do Vale Encantado, o projeto GERAÇÃO ENCANTADO – que tem como parceiro fundador o grupo de energia francês GDF SUEZ –, tem o seu ponto alto no Festival, marcando o reencontro dos criadores do clubFavela Chic de Paris e Londres, da Pineapple prod e da Be-Linked community business inteligence.

Tudo começou em 2005, quando a Comunidade do Vale Encantado conheceu a ONG franco-brasileiraAbaquar, presidida por Jérôme Auriac, que coordena projetos de combate à pobreza e acesso à educação ao redor do mundo. O encontro deu origem a uma cooperativa local, presidida pelo líder comunitário Otávio Barros, que permitiu a realização de ações nas áreas de formação profissional (ecoturismo e gastronomia) e o estabelecimento de parcerias para a preservação da natureza e desenvolvimento sustentável das 42 famílias que vivem no local. Anos mais tarde, Rosane MazzerDani Mazzer Jérôme Auriac começaram a pensar em um festival de música internacional de qualidade que atraísse as atenções da sociedade, empresariado, ONGs e das diversas esferas do governo para os projetos de crescimento com sustentabilidade iniciados pela cooperativa.

A partir da parceria firmada com o grupo francês GDF Suez, o festival saiu do papel para um projeto de continuidade que se estenderá por um período de cinco anos, intitulado GERAÇÃO ENCANTADO, e que tem o apoio também da Embaixada da França no BrasilInstitut FrançaisBureau ExportTelerama eNova. “Esse festival, através da arte e da emoção, deseja inverter os símbolos, mudar a imagem das favelas do Rio, valorizar as iniciativas positivas e construtivas, despertar as consciências e tornar concreta a ideia de desenvolvimento sustentável e de solidariedade”, destaca Rosane.

Festival promove a autonomia das comunidades, catalisando iniciativas e irradiando durante um ano inteiro novos projetos na região do Vale Encantado

Mais do que somente gerar visibilidade às necessidades da comunidade, o Festival Encantado conta com a participação ativa dos moradores, seja através da criação de 80 empregos diretos – marceneiros, ajudantes, guias, carregadores, cozinheiros etc – como da venda de artesanato e dos pratos da original gastronomia agroflorestal desenvolvida pela comunidade. O público tem a oportunidade de experimentar iguarias locais como o jacalhau, o pastel de taioba, a geléia de chuchu com pimenta rosa e a torta de coração de bananeira e os sucos de couve com maracujá e chuchu com hortelã, alguns dos itens que já fazem sucesso entre moradores, turistas e visitantes da região.

O festival dentro da GERAÇÃO ENCANTADO se concretiza em legados à comunidade como a completa revitalização e reforma do clube que sedia o evento, gerando empregos permanentes e mais movimento à região, além de vários programas sociais celebrados durante o festival, e desenvolvidos ao longo do ano.

Responsabilidade ecológica – um dos pilares do festival

O Festival Encantado é eco-responsável causando impacto zero na natureza, com a venda de bolsas e camisetas desenvolvidas com a ética do comércio justo e redução da fabricação de material impresso de comunicação, utilização de material biodegradável etc.

Gastronomia da Floresta, em parceria com o chef Roland Villard

Valorizando a cultura agroflorestal da região, o renomado chef francês Roland Villard, Chef executivo do SOFITEL América do Sul, eleito diversas vezes “Chef do ano” desde 2000, é uma das autoridades da alta gastronomia francesa no país. Ele apadrinha nessa edição a COOVE (Cooperativa do Vale Encantado) propondo ações ao longo do ano, como a criação de receitas feitas a partir de produtos locais, apadrinhamento de jovens talentos etc.

Infra-estrutura contará com transporte gratuito

Para evitar trânsito e congestionamentos no entorno, garantindo o conforto do público e da comunidade local, será proibida a entrada de carros no Vale. O transporte será feito gratuitamente através de vans, que se deslocarão entre o largo próximo ao Colégio Santa Marcelina e o Corpo de Bombeiros, no Alto da Boa Vista, e o Vale Encantado, separados por 4,5Km de distância, em uma viagem de 10min. Haverá um contingente de seguranças e brigadistas no festival e em pontos estratégicos no caminho para garantir a segurança do público, além de uma ambulância para emergências médicas. Os brigadistas darão todo apoio também ao público PNE. O festival contará com toda a infra-estrutura necessária para receber o público com pontos de alimentaçãobares, banheiros, serviço de taxi e cartões de crédito.

SERVIÇO
FESTIVAL ENCANTADO
Data: 8 de junho, sábado
Local: Clube Do Vale Encantado
Endereço: Estrada da Paz n°17 – Alto da Boa Vista – RJ
Horário:  A partir das 13:00 horas ( último show às 21:00 h)
Estacionamento: próximo ao Colégio Santa Marcelina e o Corpo de Bombeiros, no Alto da Boa Vista. De lá, haverá transporte gratuito realizado por vans até o Festival.
Não será permitida a entrada de carros particulares no Vale Encantado.
Ingressos: Passe 1 dia – R$ 150,00
Estudantes: 50% de desconto
Classificação etária: 18 anos (menores somente acompanhados dos pais)
Vendas: www.ingressorapido.com.br

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 maio, 2013 16:09


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

A Casa que Jack Construiu

Facebook

O Doutrinador