Alvin Ailey American Dance Theater retorna ao Brasil para curta temporada em São Paulo e Rio de Janeiro

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 21 maio, 2013 20:08

Alvin Ailey American Dance Theater retorna ao Brasil para curta temporada em São Paulo e Rio de Janeiro

Alvin Ailey American Dance Theater, uma das principais companhias de dança do mundo,  retorna ao Brasil para curtíssima temporada nas cidades de Rio de Janeiro e São Paulo. É a terceira visita da companhia que inspira a todos com sua celebração universal do espirito humano utilizando a experiência cultural Afro-Americana e a tradição da dança americana moderna. Fundada por Alvin Ailey, pioneira e lendária figura do século 20, a Companhia é conduzida rumo a novas direções pelo visionário diretor artístico Robert Battle, honrado como um dos “Mestres da Coreografia Afro-Americana” pelo Kennedy Center.

Alvin Ailey American Dance Theater retorna ao Brasil para curta temporada em São Paulo e Rio de Janeiro

O Ministério da Cultura e a One Health apresentam a turnê que passará pela Cidade das Artes no Rio de Janeiro, de 11 a 15 de setembro, e faz sua segunda parada no Credicard Hall em São Paulo, de 19 a 22 de setembro logo após temporada no Lincoln Center em Nova Iorque. Com patrocínio Bloomberg a companhia conhecida mundialmente como “Embaixadora Cultural do Mundo” por conta de sua extensas turnês internacionais, irá incluir um final inspirador em todas as apresentações no país com a coreografia Revelations, obra coreográfica de Alvin Ailey que presta homenagem a este patrimônio Afro-Americano, Revelations é o ballet visto por mais pessoas ao redor do mundo, superando todos os trabalhos de dança moderna.

Desde sua estreia em 1960, Revelations emocionou plateias em todo o mundo através de sua poderosa narrativa e comovente música, evocando temas intemporais de determinação, esperança e transcendência. Revelations já foi visto por mais de 23 milhões de pessoas em 71 países em seis continentes.

Além de Revelations, aclamado como imperdível, a primeira visita da companhia liderada por Robert Battle contará com 30 extraordinários bailarinos. O primeiro de dois programas especiais inclui as obras: Petite Mort (Jiří Kylián), Takademe(Robert Battle), Grace (Ronald K. Brown) e Revelations (Alvin Ailey). O segundo programa traz From Before (Garth Fagan), Strange Humors (Robert Battle),Minus 16 (Ohad Naharin) e Revelations (Alvin Ailey).

Para a temporada carioca as vendas terão inicio em 21 de maio. Para a temporada paulistana os clientes dos cartões Citi, Credicard e Diners terão pré-venda exclusiva de 21 a 27 de maio, a venda para público geral será a partir de 28 de maio.

Petite Mort  (1991)
Coreografia: Jiří Kylián
Música: Wolfgang Amadeus Mozart

A coreografia Petite Mort, um balé de surpresas visuais que apresenta sensualidade, humor e a proeza técnica dos bailarinos da Ailey, marca o primeiro trabalho do renomado coreógrafo europeu Jiří Kylián para a Alvin Ailey American Dance Theater. Embalada por dois dos mais populares concertos para piano de Mozart (Concerto para Piano em Lá Maior – Adagio e Concerto para Piano em Dó Maior – Andante), mistura a sensibilidade clássica com a astúcia moderna e corajosa em um duelo inesquecível com seis casais. Nascido na Tchecoslováquia em 1947, Jiří Kylián foi diretor artístico de longa data no Nederlands Dans Theater, onde se tornou reconhecido como um dos coreógrafos mais influentes das últimas três décadas, recebendo muitos prêmios e honrarias internacionais.

Takademe (1999)
Coreografia: Robert Battle
Música: Sheila Chandra

O diretor artístico Robert Battle mistura humor e movimentos aéreos neste trabalho inflamável. Os ritmos muito bem tecidos da dança indiana Kathak são desconstruídos e abstraídos neste trabalho de ritmo acelerado, onde as formas claras e saltos de propulsão imitam as sílabas rítmicas vocalizadas de pontuação sincopada de Sheila Chandra.

Grace (1999)
Coreografia: Ronald K. Brown
Música: Duke Ellington, Roy Davis Jr., Paul Johnson & Fela Anikulapo Kuti

Grace é o marco na carreira de Ronald K. Brown. Apresentada pela Alvin Ailey American Dance Theater, em 1999, a coreografia volta ao repertório de forma arrebatadora, renovada espiritualmente como uma nova produção. Infundida com a assinatura Brown, Grace mistura dança moderna e expressões idiomáticas do Oeste Africano, uma viagem pelo conhecimento que mostra toda a graça que nos rodeia. Tudo é permeado pelos clássicos de Duke Ellington “Come Sunday”, pelo hit de Roy Davis “Gabriel”, e pelo ritmo afro poderoso de Fela Kuti “Pop”. Nascido no Brooklyn, Brown cria e apresenta coreografias desde 1985 com sua companhia Evidence. Já recebeu os prêmios Bessie, Guggenheim Fellowship, American Dance Festival Humphrey / Weidman / Limon, entre outros. Recentemente, ele recebeu elogios por sua pemiada coreografia Astaire para o revival da Broadway The Gershwin’s Porgy and Bess.

Revelations (1960)
Coreografia: Alvin Ailey
Música: Traditional

Revelations, obra atemporal de Alvin Ailey, tornou-se um dos balés mais conhecidos e respeitados da história da dança, aclamado como um must-see para todos e reconhecido  oficialmente pelo Senado dos EUA. Usando a essência Afro-americana, canções-sermões, músicas gospel e blues, esta suíte explora fervorosamente os lugares de profunda tristeza e da mais sagrada alegria da alma. Alvin Ailey disse que um dos mais ricos tesouros da América foi a herança cultural Afro-Americana, “às vezes triste, às vezes alegre, mas sempre esperançosa.” Da infância de “memórias de sangue” de Ailey na zona rural do Texas onde ele cresceu até os trabalhos na igreja Batista Mount Olive, Revelations é um tributo à herança cultural Afro-Americana e ao gênio Alvin Ailey. Desde a sua estreia, em 1960, este clássico duradouro foi visto por mais espectadores em todo o mundo do que qualquer outra obra moderna.

From Before  (1978)
Coreografia: Garth Fagan
Música: Ralph MacDonald

From Before é uma peça conjunto mistura os ritmos da dança Africana com a influência caribenha muito bem trabalhada pelo jamaicano Garth Fagan, coreógrafo do espetáculo ganhador do Prêmio Tony O REI LEÃO. A estreia de From Before marca a primeira apresentação de coreografia fora da cia Garth Fagan Dance. O trabalho destila movimentos em sua forma mais pura com excelência e apresenta uma pontuação de jazz-percussão  assinada pelo vencedor do prêmio Grammy Ralph MacDonald. Fagan atribui a sua popularidade com o público de todo o mundo à “fluidez da dança caribenha, à polirritmia do Africano, à precisão do ballet e à força da dança moderna.” Suas muitas honrarias incluem o prestigiado Tony Award de Melhor Coreografia para O Rei Leão, bem como um prêmio Astaire, e um prêmio Laurence Olivier. Possui um doutorado honorário da Juilliard School. Atualmente, Fagan está colaborando com o músico ganhador do Grammy e compositor Wynton Marsalis na estreia mundial de seu mais novo trabalho, Lighthouse/Lightning Rod na Brooklyn Academy of Music (BAM).

Strange Humors  (1998)
Coreografia: Robert Battle
Música: John Mackey

Strange Humors, do Diretor Artístico Robert Battle, é um dueto eletrizante definido por uma trilha sonora de cordas e percussão Africanas, composta por John Mackey, um colega de classe da escola Juilliard (NYC) de John Battle. Esta coreografia fascinante coloca dois homens um contra o outro em sequências surpreendentes que transmitem agressividade e discórdia, malícia e humor. Aos poucos, a relação entre os dois dançarinos constrói um crescente emocionante.

Minus 16 (1999)
Coreografia: Ohad Naharin
Música: Vários Artistas

Com uma trilha eclética, que vai de Dean Martin ao mambo, do techno à música tradicional israelita de Ohad Naharin, Minus 16  usa improvisação e o aclamado método  “Gaga” criado por Naharin, uma linguagem de movimento único que rompe velhos hábitos, empurrando os bailarinos para desafiar-se em novas formas . Naharin dedicou do trabalho à memória de sua esposa Mari Kajiwara (1951-2001), que foi dançarina na Cia por muitos anos, bem como assistente do Sr. Ailey. O dueto de Mabul destaque em Minus 16 foi originalmente criado por ela em 1992. Minus 16baseia-se em excertos de Mabul (1992), Anaphaza (1993), e Zachacha (1998).

Alvin Ailey American Dance Theater –  Reconhecida pelo Congresso dos EUA como “Embaixadora Cultural do Mundo”, a companhia cresceu a partir de uma lendária apresentação em março de 1958 em Nova York que mudou para sempre a percepção da dança americana. Fundada por Alvin Ailey, e dirigida por Judith Jamison a partir de 1989, a companhia agora é liderada por Robert Battle, escolhido por Judith Jamison para sucedê-la em 1 º de julho de 2011. Alvin Ailey American Dance Theater já se apresentou para cerca de 23 milhões de pessoas em 71 países e 6 continentes, promovendo a singularidade da experiência cultural Africano-Americana e a preservação e enriquecimento da tradição da dança moderna americana. Além de ser a principal companhia de Dança do New York City Center, onde suas atuações tornaram-se uma tradição de fim de ano, a cia também se apresenta anualmente no John F. Kennedy Center, em Washington, DC, no Auditorium Theatre em Chicago, no Adrienne Arsht Center de Miami-Dade County, Miami, no The Fox Theatre, em Atlanta, no Zellerbach Hall, em Berkeley, CA e no New Jersey Performing Arts Center, em Newark, onde é a principal residente, e aparece com frequência em outros grandes teatros em todo os Estados Unidos e por todo o mundo durante extensas turnês anuais. A organização Ailey também inclui a Ailey II (1974), uma segunda cia performática para talentos emergentes, jovens bailarinos e coreógrafos; A Escola Ailey (1969), um dos mais amplos programas de treinamento de dança do mundo; A Ailey Arts in Education & Community Programs, que leva dança para as salas de aula, comunidades e para as vidas de pessoas de todas as idades, e a The Ailey Extension (2005), um programa que oferece dança e  aulas de fitness para o público em geral, que começou com a abertura do maior edifício dedicado à dança da cia Ailey em Nova York, a capital mundial da dança, chamado The Joan Weill Center for Dance, na 55th Street com a 9th Avenue em Nova York.

DIRETOR ARTÍSTICO – ROBERT BATTLE

Robert Battle tornou-se diretor artístico da Alvin Ailey American Dance Theater, em Julho de 2011, depois de ter sido selecionado pessoalmente por Judith Jamison, tornando-o a terceira pessoa a dirigir a companhia desde que foi fundada em 1958. Battle tem uma longa história com a organização Ailey. É coreógrafo frequente e artista residente na cia desde 1999. Criou muitas de suas obras na Alvin Ailey American Dance Theater e Ailey II, e na Escola Ailey. O repertório atual da companhia inclui seus balés Strange Humors, The Hunt, In/Side e Takademe. Além de ampliar o repertório Ailey com obras de artistas tão diversos quanto Paul Taylor, Rennie Harris, Jirí Kylián, Garth Fagan, e Kyle Abraão, Battle também instituiu a The New Directors Choreography Lab para ajudar a desenvolver a próxima geração de coreógrafos. Sua viagem ao topo do mundo da dança moderna começou no bairro de Miami, Florida Liberty City. Battle mostrou talento artístico cedo e estudou dança em um programa de artes na escola antes de ir para New World School of the Arts de Miami, sob a direção de Daniel Lewis e Gerri Houlihan e, para a Juilliard School, sob a direção de Benjamin Harkarvy, onde conheceu sua mentora, Carolyn Adams.

Programa 1

Petite Mort (Jiří Kylián)

Takademe (Robert Battle)

Grace (Ronald K. Brown)

Revelations (Alvin Ailey)

Programa 2

From Before (Garth Fagan)

Strange Humors (Robert Battle)

Minus 16 (Ohad Naharin)

Revelations (Alvin Ailey)

SERVIÇO RIO DE JANEIRO
Alvin Ailey American Dance Theater
Ministério da Cultura e One Health apresentam
Patrocínio: Bloomberg
Datas: de 11 a 15 de setembro

Data Horário Programa
11/09 Quarta-feira 21h 2
12/09 Quinta-Feira 21h 1
13/09 Sexta-Feira 21h 2
14/09 Sábado 17h 1
14/09 Sábado 21h 1
15/09 Domingo 16h 1
15/09 Domingo 20h 2

Local: Cidade das Artes
Endereço: Avenida das Américas, 5300 – Barra da Tijuca
Capacidade: 1238 lugares
Ingressos: R$25,00 a R$320,00
Classificação etária:  livre. Menores de 12 anos acompanhados de seus pais ou responsáveis.
Abertura da Casa: 1h30 antes do espetáculo
Acesso para deficientes
Ar condicionado
Telefones para informações: 4003-5588

INTEIRA MEIA
PLATEIA CENTRAL 1 R$ 320,00 R$ 160,00
PLATEIA LATERAL 1 R$ 280,00 R$ 140,00
PLATEIA CENTRAL 2 R$ 250,00 R$ 125,00
PLATEIA LATERAL 2 R$ 230,00 R$ 115,00
FRISAS R$ 50,00 R$ 25,00
CAMAROTES CENTRAIS R$ 280,00 R$ 140,00
CAMAROTES LATERAIS R$ 150,00 R$ 75,00

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

SERVIÇO SÃO PAULO
Alvin Ailey American Dance Theater
Ministério da Cultura e One Health apresentam
Patrocínio: Bloomberg
Copatrocínio : Honda, Fusion Energy Drink e Wise Up
Data: 19 a 22 de setembro

 Sessões

Data Horário Programa
19/09 Quinta-feira 21h 1
20/09 Sexta-feira 21h 2
21/09 Sábado 17h 1
21/09 Sábado 21h 1
22/09 Domingo 16h 1
22/09 Domingo 20h 2

Local: Credicard Hall – São Paulo (SP)
Endereço: Av. das Nações Unidas, 17955 – Santo Amaro.
Capacidade: 3578 lugares
Ingressos:  de R$40,00 a R$380,00
Classificação etária: livre. Menores de 12 anos acompanhados de seus pais ou responsáveis.
Abertura da Casa: 1h30 antes do espetáculo
Acesso para deficientes
Ar condicionado
Telefones para informações: 4003-5588
Seguradora Oficial: Allianz Seguros
Meio de pagamento preferencial: Credicard
Tecnologia de acesso: ShowPass
Estacionamento (terceirizado): R$ 40

 SETOR INTEIRA MEIA
CAMAROTE I R$ 380,00 R$ 190,00
CAMAROTE II R$ 290,00 R$ 145,00
CADEIRA VIP R$ 380,00 R$ 190,00
CADEIRA I R$ 290,00 R$ 145,00
CADEIRA II R$ 250,00 R$ 125,00
POLTRONA I R$ 220,00 R$ 110,00
POLTRONA II R$ 150,00 R$ 75,00
PLATEIA SUPERIOR I R$ 100,00 R$ 50,00
PLATEIA SUPERIOR II R$ 90,00 R$ 45,00
PLATEIA SUPERIOR III R$ 80,00 R$ 40,00
VISÃO PARCIAL (PLATEIA SUPERIOR) R$ 80,00 R$ 40,00

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 21 maio, 2013 20:08


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel