Sheila Ribeiro se apresenta no Projeto Dança no MIS

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 7 maio, 2013 11:04

Sheila Ribeiro se apresenta no Projeto Dança no MIS

A edição de maio do Dança no MIS acontece dia 11, a partir das 18h, com performance Lugar para ficar em pé, fruto de parceria entre Sheila Ribeiro e o Núcleo do Dirceu (Piauí).

Evento mensal do MIS, Instituição da Secretaria de Estado da Cultura, o projeto Dança no MIS é gratuito, tem curadoria de Natalia Mallo e une performance a audiovisual, com trabalhos site-specific. O foco da programação é levar ao público apresentações de artistas que transitem por diferentes linguagens e se interessem por interferir artisticamente no espaço público

No mês de maio, acontece a performance Lugar para ficar em pé, de Sheila Ribeiro, na qual a artista se utiliza da linguagem do videoclipe e a mistura aos posicionamentos e reflexões próprios da dança contemporânea. Nela, o bailarino Elielson Pacheco explorará uma condição limítrofe entre dançar para si e dançar para o outro, se relacionando de diferentes maneiras com os vídeos que serão exibidos sequencialmente.

Sheila Ribeiro é uma artista da dança interessada em pesquisar dinâmicas da comunicação contemporânea. Para tanto lança mão de diversos materiais: dança, moda, novas mídia e cultura psiquiátrica. Busca poetizar tensões estético-políticas em trabalhos de palco, instalações, audiovisual, escrita e web. Dona Orpheline é o nome de sua zona de colaboração, iniciada em 1992.

O trabalho traz o foco na intersecção de linguagens entre dança e audiovisual a que o projeto Dança no MIS se dedica em 2013 e oferece ao público uma nova maneira de assistir videodança.

Dança no MIS é uma programação gratuita, em que coreógrafos, selecionados através de convocatória, escolhem uma área do Museu para compor um trabalho site-specificem dança. Além das apresentações, é também exibida uma seleção de filmes de videodança ou “Dança no cinema” (trabalhos que apresentam a dança através do olhar de grandes cineastas). Com a continuidade deste projeto, iniciado em 2012, a dança contemporânea afirma um espaço próprio na cidade e uma oportunidade valiosa de ampliar seu público e suas possibilidades de pesquisa artística.

O foco de Dança no MIS é levar à instituição artistas que transitem por diferentes linguagens, se interessem por descobrir interfaces tecnológicas para seus trabalhos, dialoguem com a matriz cultural do Museu, discutam a ocupação artística do espaço público e estejam disponíveis para trabalhar fora dos padrões de espetáculo e das noções habituais que separam artista e plateia, para assim poder também discutir a inserção da arte na vida cotidiana na cidade.

Para ser curadora desta programação, o MIS convidou Natalia Mallo, artista argentina radicada no Brasil, que vem atuando há 20 anos em diversas áreas culturais, tendo iniciando sua carreira na música e posteriormente ampliado sua produção através de intensas colaborações com coreógrafos e companhias de dança, realizando trilhas sonoras e participando da concepção e realização de instalações, espetáculos e performances. Além disso, tem colaborado em projetos de videoarte, filmes de curta e longa metragem, concepção de performances em espaço público e instalações multimídia.

Sobre Site-Specific

Os trabalhos artísticos denominados Site-Specific podem ser definidos como aqueles em que a obra é criada para um local específico, cujas características e singularidade detona o processo criativo e resulta num diálogo com diversos aspectos daquele espaço (topografia, arquitetura, iluminação, discurso, aspectos sociais, culturais, ambientais, etc). Esta denominação é muito discutida nos dias de hoje, e a prática já gerou diversos desdobramentos (site-generic, site-generated, entre outros). No projeto Dança no MIS, o artista convidado poderá tanto criar um obra inédita como deslocar uma peça do seu repertório para o Museu, realizando uma releitura da mesma num novo contexto.

SERVIÇO
Dança no MIS
Data:
11 de maio
Horário: 18h Performance com o bailarino Elielson Pacheco, exibição e lançamento do DVD  “Lugar para ficar em pé”
Direção: Sheila Ribeiro
Duração: 60 minutos
Classificação etária: 14 anos 

Museu da Imagem e do Som – MIS
Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo
Informações: (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br
Estacionamento conveniado: R$ 8. Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 7 maio, 2013 11:04


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel