Vinícius Calderoni se apresenta no Tom Jazz

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 6 maio, 2013 15:08

Vinícius Calderoni se apresenta no Tom Jazz

O cantor, instrumentista e compositor Vinícius Calderoni apresenta dia 16 de Maio, às 22h, seu segundo CD autoral, “Para abrir os paladares”, no Tom Jazz.

Em 2007, quando lançou Tranchã, seu primeiro disco solo, Vinicius Calderoni mostrou que sua música tinha personalidade própria. E até entrar em estúdio para gravar, no final de 2010, “Para abrir os paladares”, segundo trabalho autoral que sai agora em 2013, ele tratou de experimentar sonoridades plurais que conduzissem aos limites do universo formal da canção. Escreveu trilhas sonoras para o teatro e cinema – duas áreas artísticas nas quais também desenvolve um trabalho paralelo, seja como dramaturgo ou roteirista–, criou o projeto coletivo 5 a seco e concluiu os 12 clipes de Tranchã, proposta multimídia que contou com 12 videoclipes feitos por 12 diferentes diretores para ilustrar as faixas de seu CD anterior.

Para abrir os paladares – o Disco

O novo trabalho desvela paisagens sonoras contrastantes e propõe um mergulho em uma sonoridade pop erudita, riquíssima em timbres e texturas, alternando formações instrumentais consagradas com experiências sonoras incomuns. Para entender um pouco mais dos diferentes universos sonoros do disco, exemplos não faltam: do quarteto de cordas executando o virtuoso arranjo de André Mehmari na faixa Ponte incerta sobre rio selvagem às edições de ruídos de máquinas e eletrodomésticos que marcam a condução percussiva de Aguarde sua vez; do naipe de metais de banda militar que comparece em Juventude em Marcha ao duelo tanguístico empreendido entre o acordeom de Lulinha Alencar e o violino de Ricardo Herz em Impasse; ou ainda do piano solo erudito tocado por Zé Godoy em Mesmo quando a boca cala às guitarras hipnóticas de Webster Santos em Carne e osso.

“Estes contrastes agudos entre sonoridades são uma necessidade expressiva pedida implicitamente pelas próprias composições, pois eu e o Tó Brandileone (que assina a produção musical do disco) queríamos potencializar a força dramatúrgica de cada canção. Sendo assim, foi natural chegarmos a um caminho onde as surpresas se sucedessem com velocidade- e não só de uma canção para outra, mas às vezes dentro de uma mesma canção- de modo a não dar tempo para o ouvinte se acomodar num único ambiente sonoro.”, diz Calderoni.

“Por outro lado, é um disco de canções, e canções têm uma força de comunicação como poucas outras formas de expressão artística. Gosto de pensar, então, que o resultado desse disco é algo entre o pop escandinavo e a canção brasileira- passando por tudo que há contido entre um polo e outro.” completa Calderoni.

A proximidade de Vinicius com o universo do teatro e do cinema, explica a ambição de se fazer uma música contaminada por outras artes (e o fato de quase todas as faixas serem interligadas). Decisões que fazem de Para abrir os paladares um disco que deve ser ouvido como se assiste a um filme ou a um espetáculo teatral.

SERVIÇO
Vinícius Calderoni
Data: 16 de Maio.
TOM JAZZ
Endereço: Avenida Angélica nº 2331 – Higienópolis
Telefone: (11) 3255-0084 www.tomjazz.com.br
Couvert Artístico: R$ 60,00
Horário do show: 21HS
Capacidade: 200 pessoas sentadas
Censura: 14 anos
Duração: Aproximadamente
Abertura da casa: 2h antes do espetáculo
Formas de pagamento: Dinheiro / Cheque / Todos os Cartões (Débito e Crédito)
Estacionamento com manobrista R$ 30,00
Ar condicionado
Acesso para portadores de necessidades especiais

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 6 maio, 2013 15:08


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel