Música e Cinema | Conheça algumas canções vencedoras do Oscar de Melhor Canção Original

Felippe Alves
Por Felippe Alves 19 abril, 2013 12:00

Música e Cinema | Conheça algumas canções vencedoras do Oscar de Melhor Canção Original

Mais uma vez a Frequência Não Modulada mescla a música com o cinema. Afinal, quer combinação mais excitante do que essa? Como eu disse na coluna sobre Bernard Herrmann, a trilha sonora serve muito mais do que um complemento ao longa metragem.  A música está para o cinema assim como Steven Tyler e Axl Rose estão para o bisturi. Bem, acho que até aqui ficou bem claro.

Assim como foi no dia especial da mulher, hoje teremos uma Coluna Playlist – vulgo Coluna Pipoca – onde vou falar brevemente sobre algumas canções vencedoras do Oscar de Melhor Canção Original. São tantas canções marcantes indicadas que, só por terem sido indicadas, já é evidente o valor de cada uma delas. Mas desta vez o foco será nas vencedoras mesmo. Vamos começar.

Imagem1

Ano: 1961. Canção: “Moon River”. Música de Henry Mancini e composição de Johnny Mercer, foi interpretada pela primeira vez por Audrey Hepburn no filme “Bonequinha de Luxo” (Breakfast at Tiffany’s). A canção foi escrita especialmente pensada na extensão vocal da atriz. Daí uma música singela, sem esforços. Natural. Assim como a beleza de Audrey. Andy Williams gravou a canção em 1961 e a cantou ao vivo na cerimônia do Oscar em 1962, tornando-se muito conhecida em sua voz. Assista Audrey cantando Moon River abaixo:

Ano: 1969. Canção: “Raindrops Keep Fallin’ On My Head”. Composta por Hal David e Burt Bacharach para o filme Butch Cassidy (Butch Cassidy and the Sundance Kid), interpretada por B.J Thomas. Música de Burt, composição de Hal. A música tornou-se a canção de assinatura  de B.J Thomas, que estava se recuperando de uma laringite, por isso a voz rouca na versão do filme que, pra mim, é a versão mais natural e bonita da canção. Depois de seis takes, a canção foi finalmente gravada no sétimo, devido a insatisfação de Bacharach com o resultado. Ouça abaixo:

Ano: 1973. Canção: “The Way We Were”. Música de Marvin Hamlisch e composição de Alan e Marilyn Bergman, interpretada por Barbra Streisand no filme The Way We Were, onde ela faz par romântico com Robert Redford. A canção também levou o Globo de Ouro na mesma categoria e chegou ao topo da Billboard Hot 100 em 1974. Barbra performou The Way We Were no Oscar 2013, na seção “In Memoriam Tribute”, onde ela dedicou a música a Marvin, que faleceu em 2012. Assista a performance abaixo (não a do Oscar):

PS.: A propósito, Live and Let Die, canção de Paul McCartney e os Wings, tema do filme homônimo 007 foi uma das indicadas a categoria neste ano. Foi a primeira canção “Bond” a ser indicada a esta categoria. Vale a pena citá-la por “honra ao mérito”.

Ano: 1983. Canção: “Flashdance…What a Feeling”. Música de Giorgio Moroder e composição de Keith Forsey e Irene Cara. Interpretada por Cara, a apaixonante música de abertura do filme Flashdance rendeu à cantora seu único #1 na Billboard Hot 100 e venceu também o Globo de Ouro na mesma categoria.  A música abusa dos sintetizadores e é um hit conhecido mundialmente. Moroder gravou “Flashdance… What a Feeling” originalmente com Joe Esposito, mas a Paramount Pictures pediu pra ele regravar a canção na voz de uma cantora, pra relacionar o fato da protagonista do filme ser uma mulher, a atriz Jennifer Beals. Ouça abaixo:

PS 2.: Flashdance… What a Feeling concorreu a estatueta de Melhor Canção Original com outra canção do mesmo filme: Manic, interpretada por Michael Sembello. E também concorreu com duas canções do musical Yentl, produzido e dirigido por Barbra Streisand: “Papa, Can You Hear Me” e “The Way He Makes Me Feel”.

Ano: 2013. Canção: “Skyfall”. Depois de levar 7 Grammies pra casa só com o disco “21” (6 em 2012 e 1 em 2013), Adele resolveu ganhar também o Oscar e o Globo de Ouro de Melhor Canção Original. Composta e produzida por ela e pelo produtor Paul Epworth, um dos responsáveis pelo sucesso do “21”, Skyfall (também nome do mais recente filme 007) foi a primeira canção “Bond” a levar a estatueta dessa categoria pra casa, além de ter sido a primeira canção Bond a ser nomeada desde 1982 (For Your Eyes Only). Ouça abaixo:

Claro que são só alguns exemplos, muita coisa boa ficou de fora da lista. Mas pra eu não ser completamente injusto, vou listar abaixo algumas músicas vencedoras da estatueta de Melhor Canção Original:

1991: Beauty and the Beast – Céline Dion (A Bela e A Fera, Disney)

1992: A Whole New World – Brad Kane e Lea Salonga (Aladdin, Disney)

1994: Can You Feel the Love Tonight – Elton John (O Rei Leão, Disney)

1996: You Must Love Me – Madonna (Evita)

1997: My Heart Will Go On – Céline Dion (Titanic)

Felippe Alves
Por Felippe Alves 19 abril, 2013 12:00


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*