Árvores Abatidas ou Para Luis Melo estreia na CAIXA Cultural São Paulo

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 março, 2013 15:08

Árvores Abatidas ou Para Luis Melo estreia na CAIXA Cultural São Paulo

CAIXA Cultural São Paulo apresenta, de 4 a 21 de abril, a peça “Árvores Abatidas ou Para Luis Melo”, com direção e texto de Marcos Damaceno, a partir da obra do romancista, poeta e dramaturgo austríaco Thomas Bernhard (1931-1989). O espetáculo é gratuito e tem o patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Interpretada por Rosana Stavis, a peça é narrada por uma mulher que, convidada para um “jantar artístico” em homenagem a um famoso ator do teatro nacional, percebe estar na verdade em uma reunião de talentos medíocres. Arrependida de ter aceitado o convite, e enquanto espera o famoso ator, que nunca chega, ela reflete sobre sua vida e o meio que a cerca, sob a lembrança de uma grande amiga de todos, enterrada naquele mesmo dia.

Algumas das características marcantes da peça são a caricatura e o exagero como linguagem, o tom poético com repetições e variações, uma pitada de grotesco e o cuidado minucioso com a musicalidade e o ritmo das frases, além das ideias implacáveis contra as misérias da sociedade e do ser humano.

O espetáculo cuja estreia aconteceu em 2008 foi originalmente produzido através do Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz com patrocínio da Petrobras.

SERVIÇO
Espetáculo teatral: “Árvores Abatidas ou para Luis Melo”
Data: de 4 a 21 de abril de 2013 (de quinta-feira a domingo
Horário: quinta-feira e sexta-feira às 19h, sábado e domingo às 18h
Local: CAIXA Cultural São Paulo – Praça da Sé, 111
Entrada Franca: os ingressos poderão ser retirados na bilheteria com uma hora de antecedência
Capacidade: 80 lugares
Duração: 1 hora e 20 minutos
Classificação etária: não recomendado para menores de 14 anos
Informações: (11) 3321-4400
Acesso para pessoas com necessidades especiais
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 março, 2013 15:08


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Dora e a Cidade Perdida

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel