Crítica | Os Croods

Flávio Siqueira
Por Flávio Siqueira 21 março, 2013 19:33

Crítica | Os Croods

the-croods-official-poster-banner-promo-poster-nacional-18fevereiro2013

Os Croods (The Croods)
Direção.: Kirk De Micco e Chris Sanders
Roteiro.: Kirk De Micco e Chris Sanders
Gênero.: Animação, Aventura, Comédia
Distribuidora.: Fox Filmes
Elenco.: Nicolas Cage, Ryan Reynolds, Emma Stone, Catherine Keener, Clark Duke, Cloris Leachman.
Sinopse.: Em plena era pré-histórica, escondidos na maior parte do tempo dentro de uma caverna, vivem Grug (Nicolas Cage / Hércules Franco), a esposa Ugga (Catherine Keener / Bárbara Monteiro), a vovó (Cloris Leachman / Mariângela Cantú), o garoto Thunk (Clark Duke / Fred Mascarenhas), a pequena e feroz Sandy (Randy Thom / Pâmela Rodrigues) e a jovem Eep (Emma Stone / Luísa Palomanes). Eles são os Croods, uma família liderada por um pai que morre de medo do mundo exterior. Só que grandes transformações estão para acontecer, pois a adolescente Eep acaba conhecendo o também jovem Guy (Ryan Reynolds / Raphael Rossatto) e ele vai apresentar um incrível mundo novo, para o desespero do paizão protetor. Agora, juntos, eles vão enfrentar grandes desafios e se adaptar a uma nova e divertida era.

Avaliação.: Recanto-Adormecido-4.5-Estrelas-F.CINZA-v.01

Em Os Croods você vai se aventurar em um mundo encantador que nos faz refletir a importância da união e proteção familiar, além das mudanças de vida que estamos sujeitos a enfrentar. Essa produção é daquelas que acima de tudo pretende divertir e alegrar toda a família.

Não existe nada melhor do que após anos sem ver longas de animação que trazem uma emoção – como vistas em ‘Rei Leão’, ‘Toy Story’ – ir a uma projeção, e nos deparar com algo mágico, com uma temática que o mundo necessita atualmente – saber amar e proteger o próximo, mais especificamente a família – essa essência que se perdeu aos longos dos anos e o roteirista – Chris Sanders – tenta sempre resgatar em seus roteiros.

É buscando resgatar essa essência que a história da animação se desenvolve, contando através de uma comédia pré-histórica a transição de uma atrapalhada e divertida família que partem em busca de uma nova casa, depois que a caverna em que viviam foi destruída. É neste momento que eles começam uma jornada emocionante cheia de descobertas, e percebem que “Sobreviver é diferente de viver”, e que por trás daquela caverna que eles viviam, existe um mundo novo e fantástico, que pode mudar suas vidas para sempre.

Com esse espírito de sempre estar evoluindo que Os Croods ganha força, e nos faz pensar em como nos cegamos para o mundo quando estamos com apenas um único foco em mente, porém por trás disso existe todo um mundo a ser explorado e devastado, e podemos aprender tudo que quisermos e que jamais devemos temer o novo e o desconhecido.

O longa conta direção e roteiro de Kirk De Micco e Chris Sanders, esse último ganhando destaque por ter escrito nada mais nada menos que os maiores clássicos da animação – Rei Leão, Bela e a Fera, Aladin, Lilo & Stitch, Mulan e seu último longa  Como Treinar o Seu Dragão. Não é atoa que a Dreamworks escolheu essa dupla para estar conduzindo essa belíssima animação, que conseguiu trabalhar muito bem com o perfil de cada personagem, aonde todos eles, inclusive os coadjuvantes, ganham seu destaque na trama.

Os Croods é uma boa pedida para divertir e entreter, além de resgatar o laço familiar que hoje já não existe com tanta força em diversas famílias.

Flávio Siqueira
Por Flávio Siqueira 21 março, 2013 19:33


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Dora e a Cidade Perdida

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel