A Casa museu do objeto brasileiro apresenta Projeto Corrente, de Marina Sheetikoff

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 8 fevereiro, 2013 10:03

A Casa museu do objeto brasileiro apresenta Projeto Corrente, de Marina Sheetikoff

A CASA museu do objeto brasileiro abre sua primeira exposição do ano com um desafio: juntar vários artistas espalhados pelo mundo em um único objeto – a corrente. “Uma corrente atravessando oceanos…”. Foi esta a primeira imagem que veio à mente da designer de joias Marina Sheetikoff, curadora e idealizadora do projeto. Com abertura em 20 de fevereiro, quarta-feira, a exposição segue até 23 de março de 2013.

“A joalheria dos nossos dias é uma arte que encontra um caminho distinto, desprendido da obrigação de ter sua preciosidade ligada à beleza e ao uso de materiais nobres”, afirma Sheetikoff“Sem excluir esta opção, procura o foco no significado e ideia, encontrando espaços de expressão também fora do corpo humano e dentro de galerias e museus”.

A designer utilizou as redes virtuais internacionais de joalheria contemporânea para convidar artistas a criarem pedaços de correntes de aproximadamente 15 cm com a intenção de gerar uma única peça. Dentre os mais de 130 trabalhos recebidos, foram selecionados 65 provenientes de 18 países. O resultado é uma peça de 12 metros formada por diversas matérias-primas, como concreto, papel, silicone, ouro, prata e materiais orgânicos. Metaforicamente, é como se cada pedaço selecionado correspondesse a um elo da nova corrente.

De acordo com a curadora, “sendo a corrente, a peça básica da joalheria, o conceito deste projeto é a expressão que o termo corrente pode abranger, além de seu próprio significado. Na natureza, a corrente de ar e a correnteza de um rio traduzem o caminho que este projeto quer assumir: crescer e se desmembrar, sonhando em cruzar oceanos”.

Para a curadora, foi um desafio: como fazer uma corrente que atravessa o mar e liga dois continentes? Por mais ambicioso que possa parecer, é exatamente o que o Projeto Corrente faz.

SERVIÇO
Exposição Projeto Corrente
65 artistas de 18 países
Curadoria Marina Sheetikoff
Abertura: 20 de fevereiro, quarta-feira, das 19h30 às 22h30
Visitação: de 21 de fevereiro a 23 de março de 2013
A CASA museu do objeto brasileiro
Endereço: Rua Cunha Gago, 807 | Pinheiros
telefone: 11 3814 9711
acasa.org.br | de segunda a sexta das 10h às 19h; sábados das 12h às 16h
Entrada gratuita

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 8 fevereiro, 2013 10:03


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!