No Cine Humberto Mauro, mostra Inéditos/Passou Batido em BH lança luz sobre filmes não exibidos ou com pouca visibilidade

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 30 janeiro, 2013 15:30

No Cine Humberto Mauro, mostra Inéditos/Passou Batido em BH lança luz sobre filmes não exibidos ou com pouca visibilidade

A Fundação Clóvis Salgado, por meio do Cine Humberto Mauro, apresenta de 4 a 28 de fevereiro 25 longas-metragens na mostra Inéditos/Passou Batido em BH. A seleção apresenta importantes produções cinematográficas não exibidas ou com pouca visibilidade nas salas de cinema de Belo Horizonte. Para cada sessão, o ingresso custa R$ 5,00, com meia-entrada a R$ 2,50. O Cine Humberto Mauro está localizado no piso inferior do Palácio das Artes, na Avenida Afonso Pena, 1.537, no Centro da capital mineira.

Das 24 obras a serem exibidas, 11 são brasileiras e formam um recorte do cinema contemporâneo nacional, em sua maioria, não explorado no circuito comercial. Entre os filmes da mostra, estão A Cidade é Uma Só, de Adirley Queirós, Doméstica, de Gabriel Mascaro e Na Carne e na Alma, de Alberto Salvá.

Inéditos-Passou-Batido-O-Som-Ao-Redor-Official-Poster-Banner-PROMO-POSTER-POST

Grande destaque da mostra, O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho, foi listado pelo crítico A.O. Scott, do jornal americano New York Times, como um dos melhores longas de 2012. Além de prêmios nacionais, o filme foi reconhecido em festivais da Alemanha, Polônia, Dinamarca e Sérvia. Inéditos/Passou Batido em BH revela também outra produção premiada: Onde Borges Tudo Vê, de Taciano Valério, que abriu a 16ª Mostra de Cinema de Tiradentes.

De acordo com o Gerente de Cinema da Fundação Clóvis Salgado, Rafael Ciccarini, a mostra visa democratizar o acesso à sétima arte, além de oferecer filmes de qualidade ao cidadão belo-horizontino, gratuitamente ou a preços populares. “Um dos papéisda instituição é dar visibilidade aos cineastas que não possuem espaço, além de discutir e fazer reverberar o que não é discutido, através dos filmes”, comenta.

Inéditos/Passou Batido em BH apresenta, ainda, uma seleção de filmes internacionais diversa. Isto Não é Um Filme, produção iraniana dirigida por Jafar Panahi e Motjaba e Mirtahmasb, e Minha Felicidade, de origem russa e dirigida por Sergei Loznitsa, tecem duros questionamentos à lógica social de seus países de origem. Representantes do cinema de autor, O Porto, de Aki Kaurismaki, e Hahaha, de Hong Sang-Soo, e filmes prestigiados pela crítica especializada, como Drive, de Nicolas Winding Refn, e Cosmópolis, de David Cronenberg, também estão entre as produções escolhidas para a mostra.

Confira a programação da mostra, com os horários de exibição abaixo.:

04 SEG.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Drive, de Nicolas Winding Refn (EUA, 2011) | (16 anos) | 100’
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Luz nas Trevas, a Volta do Bandido da Luz Vermelha, de Helena Ignez (Brasil, 2010) | (14 anos) | 83’
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | A Vida Útil – Um conto de Cinema, de Federico Veiroj (La Vida Util, Uruguai e Espanha, 2010) | (Livre) | 70’

05 TER.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Doméstica, de Gabriel Mascaro (Brasil, 2012) | (Livre) | 75’
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Hahaha, de Hong Sang-soo (Coréia do Sul, 2010) | (16 anos) | 115’
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | O Porto, de Aki Kaurismäki (Le Havre, Finlândia, França, Alemanha, 2011) | (12 anos) | 93’

06 QUA.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Na Carne e na Alma, de Alberto Salvá (Brasil, 2011) | (16 anos) | 80´
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Um Verão Escaldante, de Phillipe Garrel (Un Été Brûlant, França, Itália, Suiça, 2011) | (16 anos) | 95’
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Fausto, de Aleksandr Sokurov (Faust, Rússia, 2011) | (16 anos) | 140’

07 QUI.
19h30 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Éden, de Bruno Safadi (Brasil, 2012) | (12 anos) | 75’
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Isto Não é um Filme, de Jafar Panahi e Mojtaba Mirtahmasb (In Film Nist, Irã, 2011) | (Livre) | 75’

08 SEX.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Oslo, 31 de agosto, de Joachim Trier (Oslo, 31 August , Noruega, 2011) | (14 anos) | 95´
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Memórias de Xangai, de Jia Zhang-ke (Hai Chang Shuan Qi, China, Holanda, 2010) | (12 anos) | 125’
21h15 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Onde Borges tudo vê, de Taciano Valério (Brasil, 2012) | (16 anos) | 77’

09 SÁB.
16h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Minha Felicidade, de Sergei Loznitsa (Schastye moye, Alemanha, Ucrânia, Rússia, 2010) | (18 anos) | 127′
18h15 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Anistia, de Buyar Alimani (Amnesty, Albânia, Grécia e França, 2011) | (18 anos) | 83’
20h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Sudoeste, de Eduardo Nunes (Brasil, 2011) | (12 anos) | 129’

10 DOM.
16h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Habemus Papam, de Nanni Moretti (França, Itália, 2011) | (12 anos) | 102´
18h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | A Vida Útil – Um conto de Cinema, de Federico Veiroj (La Vida Util, Uruguai e Espanha, 2010) | (Livre) | 70’
20h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Mãe e filha, de Petrus Cariry (Brasil, 2011) | (12 anos) | 80’

11 SEG.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | A Cidade é uma só, de Adirley Queirós (Brasil, 2011) | (12 anos) | 73´
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Cosmópolis, de David Cronenberg (Cosmopolis, Canadá, França, Portugal e Itália, 2012) | (16 anos) | 109’
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Polissia, de Maïwenn (França, 2011) | (14 anos) | 127´

12 TER.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Mulher à tarde, de Affonso Uchôa (Brasil, 2008-2011) | (16 anos) | 70´
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Drive, de Nicolas Winding Refn (EUA, 2011) | (16 anos) | 100’
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Memórias de Xangai, de Jia Zhang-ke (Hai Chang Shuan Qi, China, Holanda, 2010) | (12 anos) | 125’

13. QUA.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Um Verão Escaldante, de Phillipe Garrel (Un Été Brûlant, França, Itália, Suiça, 2011) | (16 anos) | 95’
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | O Porto, de Aki Kaurismäki (Le Havre, Finlândia, França, Alemanha, 2011) | (12 anos) | 93’
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Minha Felicidade, de Sergei Loznitsa (Schastye moye, Alemanha, Ucrânia, Rússia, 2010) | (18 anos) | 127′

14 QUI.
19h30 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | O homem que não dormia, de Edgar Navarro (Brasil, 2011) | (16 anos) | 98’
21h15 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Luz nas Trevas, a Volta do Bandido da Luz Vermelha, de Helena Ignez (Brasil, 2010) | (14 anos) | 83’

15 SEX.
16h30 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Fausto, de Aleksandr Sokurov (Faust, Rússia, 2011) | (16 anos) | 140’
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | A Cidade é uma só, de Adirley Queirós (Brasil, 2011) | (12 anos) | 73´
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Oslo, 31 de agosto, de Joachim Trier (Oslo, 31 August , Noruega, 2011) | (14 anos) | 95´

16 SÁB.
16h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Memórias de Xangai, de Jia Zhang-ke (Hai Chang Shuan Qi, China, Holanda, 2010) | (12 anos) | 125’
18h15 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Na Carne e na Alma, de Alberto Salvá (Brasil, 2011) | (16 anos) | 80´
20h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Hahaha, de Hong Sang-soo (Coréia do Sul, 2010) | (16 anos) | 115’

17 DOM.
16h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Onde Borges tudo vê, de Taciano Valério (Brasil, 2012) | (16 anos) | 77’
18h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Minha Felicidade, de Sergei Loznitsa (Schastye moye, Alemanha, Ucrânia, Rússia, 2010) | (18 anos) | 127′
20h15 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Doméstica, de Gabriel Mascaro (Brasil, 2012) | (Livre) | 75’

18 SEG.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Mãe e filha, de Petrus Cariry (Brasil, 2011) | (12 anos) | 80’
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Isto Não é um Filme, de Jafar Panahi e Mojtaba Mirtahmasb (In Film Nist, Irã, 2011) | (Livre) | 75’
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Sudoeste, de Eduardo Nunes (Brasil, 2011) | (12 anos) | 129’

19 TER.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Cosmópolis, de David Cronenberg (Cosmopolis, Canadá, França, Portugal e Itália, 2012) | (16 anos) | 109’
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Polissia, de Maïwenn (França, 2011) | (14 anos) | 127´
21h15 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | O homem que não dormia, de Edgar Navarro (Brasil, 2011) | (16 anos) | 98’

20 QUA.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho (Brasil, 2012) | (16 anos) | 131’
19h30 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Mulher à tarde, de Affonso Uchôa (Brasil, 2008-2011) | (16 anos) | 70´
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Um Verão Escaldante, de Phillipe Garrel (Un Été Brûlant, França, Itália, Suiça, 2011) | (16 anos) | 95’

21 QUI.
19h30 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Habemus Papam, de Nanni Moretti (França, Itália, 2011) | (12 anos) | 102´
21h30 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Na Carne e na Alma, de Alberto Salvá (Brasil, 2011) | (16 anos) | 80´

22 SEX.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Hahaha, de Hong Sang-soo (Coréia do Sul, 2010) | (16 anos) | 115’
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Anistia, de Buyar Alimani (Amnesty, Albânia, Grécia e França, 2011) | (18 anos) | 83’
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Mãe e filha, de Petrus Cariry (Brasil, 2011) | (12 anos) | 80’

23 SÁB.
16h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho (Brasil, 2012) | (16 anos) | 131’
18h15 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Fausto, de Aleksandr Sokurov (Faust, Rússia, 2011) | (16 anos) | 140’
20h45 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Luz nas Trevas, a Volta do Bandido da Luz Vermelha, de Helena Ignez (Brasil, 2010) | (14 anos) | 83’

24 DOM.
16h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | O Porto, de Aki Kaurismäki (Le Havre, Finlândia, França, Alemanha, 2011) | (12 anos) | 93’
18h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Doméstica, de Gabriel Mascaro (Brasil, 2012) | (Livre) | 75’
20h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | A Cidade é uma só, de Adirley Queirós (Brasil, 2011) | (12 anos) | 73´

25 SEG.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Éden, de Bruno Safadi (Brasil, 2012) | (12 anos) | 75’
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Oslo, 31 de agosto, de Joachim Trier (Oslo, 31 August , Noruega, 2011) | (14 anos) | 95´
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Cosmópolis, de David Cronenberg (Cosmopolis, Canadá, França, Portugal e Itália, 2012) | (16 anos) | 109’

26 TER.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Onde Borges tudo vê, de Taciano Valério (Brasil, 2012) | (16 anos) | 77’
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Sudoeste, de Eduardo Nunes (Brasil, 2011) | (12 anos) | 129’
21h15 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | O homem que não dormia, de Edgar Navarro (Brasil, 2011) | (16 anos) | 98’

27 QUA.
17h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Isto Não é um Filme, de Jafar Panahi e Mojtaba Mirtahmasb (In Film Nist, Irã, 2011) | (Livre) | 75’
19h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | A Vida Útil – Um conto de Cinema, de Federico Veiroj (La Vida Util, Uruguai e Espanha, 2010) | (Livre) | 70’
21h INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Anistia, de Buyar Alimani (Amnesty, Albânia, Grécia e França, 2011) | (18 anos) | 83’

28 QUI.
19h30 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho (Brasil, 2012, 131’, 16 anos)
21h45 INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH | Drive, de Nicolas Winding Refn (EUA, 2011) | (16 anos) | 100’

SERVIÇO

Mostra: Inéditos/Passou Batido em BH
Data: de 4 a 28 de fevereiro
Local: Cine Humberto Mauro – Av. Afonso Pena, 1537, Centro
Classificação indicativa: livre, 12, 14, 16 e 18 anos
Confira os detalhes na programação
Ingressos: R$5,00 (inteira) e R$2,50 (meia-entrada)
A venda dos ingressos, um por pessoa, será realizada 30 minutos antes de cada sessão.

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Luiz Guirra
Por Luiz Guirra 30 janeiro, 2013 15:30


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Dora e a Cidade Perdida

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel