Hot Jazz Club no Iff! Bar

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 8 janeiro, 2013 12:05

Hot Jazz Club no Iff! Bar

Nesta terça-feira, 8 de Janeiro, a partir das 19h, o trio Hot Jazz Club, formado há 12 anos pelos músicos Ernani Teixeira (violino), Marcelo Modesto (violão/guitarra), Gilberto de Syllos (contrabaixo acústico) fará uma apresentação exclusiva no Iff Bar de Campinas, com o acompanhamento do baterista Lucas Casacio.

O trio é pioneiro no Brasil por tocar jazz em instrumentos de cordas com inspiração francesa dos anos 30. Os músicos estão gravando com produção de Zuza Homem de Mello e participação de Roberto Menescal, e este mês, entrarão em estúdio para a continuidade dos trabalhos musicais. O sofisticado repertório, construído ao longo de mais de doze anos de constantes pesquisas do estilo, contou com o reconhecimento do produtor e crítico musical Zuza Homem de Mello que, dede então tem feito entusiasmados elogios ao trio intitulando-o como “o Fino do Jazz em Campinas”, “com um repertório de um bom gosto insuperável”. Mello assinou a produção do primeiro álbum do trio, cuja participação especial de Roberto Menescal esteve presente. Os músicos estarão novamente em estúdio, este ano, em parceria com o Hot Club de Piracicaba. 

O Hot Jazz Club

Diversas formações históricas de jazz tiveram sua origem em hotéis, em seus bares, dancing-teas, dancing-dinners, bailes ou até mesmo soirées que eram promovidas principalmente para o público passante destes lugares especiais e refinados de entretenimento musical. Isso movimentava especialmente o serviço de bebidas e atribuía fama aos espaços, inserindo-os às cenas culturais da cidade. Nomes que marcaram o mundo da hotelaria como referência em serviços como o Ritz, o Savoy e o Claridge imortalizaram-se por oferecerem ao público um tipo de entretenimento musical que as páginas da história finalmente assinalariam como brilhantes.

O trio Hot Jazz Club tem seu nome como referência clara à célebre formação do Hot Club de France que ficou famosa pelo encontro de duas figuras marcantes do jazz: Stéphane Grapelli no violino e Django Reinhardt na guitarra. A originalidade da formação – por empregar instrumentos de sonoridade basicamente acústica e perfil quase camerístico – sempre foi surpreendente, uma vez que o jazz viu surgir como solistas preferenciais uma quantidade abundante de trompetistas, saxofonistas, entre tantos outros.  Embora as formações de jazz mais usuais (que incluem instrumentos de sopro, piano e bateria) sejam tradicionalmente mais abundantes, há mesmo, hoje em dia, Hot Clubs em diversos países tais como: Estados Unidos, Alemanha, França, Dinamarca, Canadá, Suécia e Japão; sempre incluindo em suas formações o violino, a guitarra acústica e o contrabaixo. Assim, o trio Hot Jazz Club surgiu em Campinas como parte de um projeto de happy hours jazzísticas. A admiração dos músicos Ernani e Modesto por Django estabeleceu logo a afinidade das referências e a escolha do contrabaixo de Syllos, por fim, pareceu óbvia, pelo caráter quase performático e dançante do trio, e, desde então, o trabalho desenvolveu-se a passos largos e consistentes. Este mês o trio volta ao circuito de jazz dos hotéis de alto padrão apresentando-se, neste dia 08, a partir das 19h no Iff! Jazz Bar do Grupo Vitória Hotel como parte do projeto New Standards da casa. O projeto que é apresentado no Iff! às terças-feiras é sempre  embalado pela democrática proposta de um repertório exclusivo de temas conhecidos do grande público executados em jazz.

Com o Hot Jazz Club a linguagem elaborada dos temas ganha contornos suaves e agradáveis, com um ritmo envolvente e dançante que contempla desde consagrados do swing até standards contemporâneos. Mas esta terça não parará por aí, pois, o trio veste também com seus timbres surpreendentes e bem-humorados clássicos da bossa nova e do blues e até temas pop dos anos 70, além de baladas imortalizadas nas vozes das divas do jazz até grooves da Motown.

Do batucado manso da bossa nova ao funkeado empolgante de grooves quentes, da batida pop dos hits americanos ao sincopado dos ritmos latinos, todas as cores musicais se agitam e saem com uma alegria contagiante do bojo encordoado dos três instrumentos. Complementando a seção rítmica do trio, o baterista Lucas Casacio empresta toda sua sensibilidade à formação.

SERVIÇO
Hot Jazz Club
Local: Iff! Bar
Endereço: Av. José de Souza Campos, 425 – Cambuí – Campinas/SP
Reservas: (19) 3755-8027.
Aberto de segunda a sábado, das 19h a 01h30.
Shows: 3ª feira das 19h às 22h; 4ª feira das 20h às 23h; 5ª das 20h30 às 23h30. Fechado aos domingos.
Entradas: R$20

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 8 janeiro, 2013 12:05


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Dora e a Cidade Perdida

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel