Festa Omelete á Brazuca e Grupo Teatral Ovo agitam a sexta-feira do Urucum

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 novembro, 2012 09:03

Festa Omelete á Brazuca e Grupo Teatral Ovo agitam a sexta-feira do Urucum

Em meados do mês de maio de 2009 Jõao Paulo (baixo) monta o primeiro projeto do que seria a banda Vitamina Brasil com a intenção de “vitaminar” o cenário musical brasileiro.  Em 2010, por fatores que beiram mais do que a mera coincidência, entram para a banda Bira dos Reis (voz & percussão), HD (guitarra), Jabaquara (Guitarra), Digão (bateria) e Magno (teclado).  Com a intenção de levar ao público um som alegre e criativo, o grupo mistura samba-rock, groove e mpb de forma original, vitaminada; o resultado é pista cheia onde ninguém fica parado.  A banda que já se apresentou em casas como Café Aurora, Serralheria, Viva São Paulo entre outras, apresenta em seu repertório músicas próprias como Suco Natural e Casa da Vovó, misturando ainda covers de artistas consagrados como Jorge Ben, Tim Maia, Ed Mota entre outros.

Performance do Ovo Núcleo de Investigação Teatral

O OVO nasceu da reapropriação do sentido biológico das palavras, que dita ser chamado “ovo” a união de dois núcleos que criam a potencialidade de existência de um
ser. Epistemologicamente, é a junção de diferentes energias, trabalhos e estímulos, que levam à criação de algo novo e completamente diverso; outro ser, com vida própria.
Assim, o OVO Núcleo de Investigação Teatral é a reunião de outros grupos e de diversos pensares individuais para a pesquisa e a criação de uma linguagem teatral que responda aos diversos estímulos trazidos para dentro do Núcleo. Além disso, é a busca pela construção de um coletivo para se discutir e trocar ideias diversas sobre teatro, potencializando não apenas as criações do OVO, mas também a identidade e criação dos outros grupos e atores que fazem parte do Núcleo.

Dois outros grupos integram o OVO. Um deles é a Casa de Orfeu, um grupo engajado em retrabalhar os textos clássicos, utilizando a fisicalidade na busca da expressão máxima no corpo do ator, tendo por processo o trabalho com a máscara neutra e os estímulos do teatro de Lecoq e da Comédia Dell’Arte. Esse grupo traz esses estímulos para dentro do OVO, e isso faz parte de uma pesquisa maior sobre a nossa arte e o lugar do corpo do ator dentro do texto clássico.

O outro grupo dentro do OVO é a Trupe Cafofo. O trabalho desse grupo gira muito em torno da performance, e sua visão é a do trabalho do ator disposto a empregar seu íntimo e suas questões pessoais dentro da atuação. Nesse sentido, o grupo se alimenta muito das teorias de Grotowsky, não apenas corporais, mas também a respeito do sentido do trabalho do ator.

Além disso, está sempre em busca da eliminação do texto de cena, de potencializar a atuação para uma reinvenção da chamada linguagem, por um viés corporal, transformando as palavras em apenas mais um estímulo de criação. O que a Trupe Cafofo traz se a atuação para a reinvenção da chamada mescla com a fisicalidade e a linguagem da máscara neutra trazida pela Casa de Orfeu, o que dá ao OVO um estímulo performático/físico de atuação.

Os outros atores participantes do Núcleo são independentes e vem dos lugares mais diversos, tanto pelo desejo da pesquisa da fisicalidade, quanto pela busca de tipicamente brasileira.

SERVIÇO
Omelete à Brazuca e OVO núcleo de investigação teatral
Data: 30/11/2012
Endereço:Rua Cardeal Arcoverde, 1.598, Vila Madalena
Telefone:  2309-7409
Estacionamento: R$ 15,00
Abertura da casa: sexta e sábado: a partir das 22:00hs
Outros dias da semana: Ver programação
Shows: a partir da meia noite
Lugares: 200
Ar condicionado: Sim
www.casaurucum.com.br

Preço:

Elas R$ 12 após a 1h R$ 15
Eles R$ 15 após a 1h R$ 20

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 novembro, 2012 09:03


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!