Peça teatral “Espia, tem tesouro aí!” é atração para alunos da rede pública de ensino de Cajamar

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 16 outubro, 2012 19:07

Peça teatral “Espia, tem tesouro aí!” é atração para alunos da rede pública de ensino de Cajamar

Toda história está repleta de tesouros escondidos. Mas o maior deles está em seus personagens, que nos levam a um universo paralelo e que nos mostram a criatividade existente dentro de cada um, desde a infância até a maturidade. É esta essência que a peça teatral “Espia, tem tesouro aí!”, que será encenada para os alunos do ensino fundamental de Cajamar, no dia 23 de outubro, às 10h00. O espetáculo é uma viagem ao universo infantil, identificando-se assim com a sua capacidade de criação, aproximando-o dos seus desejos, incentivando a plateia a tornar seus sonhos uma realidade.

A peça faz parte do projeto “Os Manchas – Um Tesouro Cultural”, sendo realizada com recursos ProAC pela 3S Projetos em parceria com a Secretaria de Educação de Cajamar. A apresentação conta com o patrocínio da Harald, empresa do segmento alimentício que está completando 30 anos. “Com essa iniciativa buscamos manter o compromisso com a sociedade, estimulando e desenvolvendo a comunidade através da realização de projetos sociais e culturais de interesse público, ampliando as oportunidades e contribuir com a formação complementar do público infantil e adolescente”, explica Geise Ferreira de Andrade, gerente de Recursos Humanos da Harald.

Em “Espia, tem um tesouro aí!”  a autora e escritora Cássia Viger conta uma história verídica que é adaptada e dirigida por Batista Mendes. Na apresentação em Cajamar, os alunos ganharão revistinhas com os personagens da peça e podem também entrar no site interativo dos Manchas e se divertir jogos e brincadeiras educativas www.osmanchas.com.br.

A história

“Espia, tem um tesouro aí!” conta a história que retrata a vida de Cássia, uma criança do interior que utiliza de recursos simples para desenvolver suas habilidades e capacidade de criação. É amada pelos pais que, sem muitos recursos financeiros, proporcionam a criança uma infância feliz. O amor e a dedicação aos filhos refletem na sua vida adulta, na sua capacidade de ver o mundo com a sensibilidade e os sentimentos de uma criança. Cássia passa grande parte de seu tempo na busca de tesouros. Quando adulta descobre que as histórias contadas por sua mãe e as oportunidades dadas na sua fase de crescimento, principalmente o despertar a imaginação nas brincadeiras infantis, contribuíram para a descoberta de um grande tesouro: suas personagens. Explorando o universo infantil, cria cinco manchas de tinta e dá vida a elas através de sua imaginação, com o objetivo de levar às crianças conhecimento e muita diversão.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 16 outubro, 2012 19:07


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel