Cia. das Artes apresenta Castro Alves Pede Passagem

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 7 setembro, 2012 16:04

Cia. das Artes apresenta Castro Alves Pede Passagem

Com texto de Gianfrancesco Guarnieri e direção de Jair Aguiar, a Cia das Artes estreia o espetáculo Castro Alves Pede Passagem dia 15 de setembro de 2012 às 19h, no Teatro Coletivo.

A peça ambienta, num programa de televisão, passagens significativas da vida do poeta romântico, onde desfilam figuras que formaram a obra e a personalidade do autor, bem como a história de seu envolvimento com a atriz Eugênia Câmara, em um envolvente jogo metalinguístico. Para essa montagem, a produção fará a transmissão, via internet, do programa “Esta é a sua Vida”, no qual se ambienta a peça.

Jair Aguiar conta que é fascinado pelo texto desde garoto e afirma ter noção da responsabilidade de recriá-lo: “Claro, há sempre muita cobrança por ser um texto já premiado e perfeito. Mas se fôssemos montar tudo igual não optaríamos por teatro, seria cinema, como fazer um filme e depois reprisá-lo”, brinca o diretor.

Castro Alves Pede Passagem busca aproximar o público do poeta e agitador baiano que morreu aos 24 anos, cem anos antes da estreia do texto de Guarnieri, em São Paulo, no ano de 1971. “Transportar” o abolicionista para um programa de televisão foi uma licença poética que Guarnieri defendeu como a melhor maneira de levar sua mensagem, isso nos anos 1970. “Exemplifica bem o meu objetivo de não elitizar o teatro, não fazer com que ele fique falando indeterminadamente para uma minoria”, explicou o autor em reportagem do Jornal do Brasil de 28 de abril de 1971.

A montagem

A direção se apropria da simplicidade do texto de Guarnieri, numa encenação que privilegia o trabalho do ator, sem o uso de grandes cenários e figurinos. O caráter multimídia fica por conta da transmissão, ao vivo e com a presença de um diretor de TV, do programa Esta é Sua Vida que norteia a montagem.

“Castro Alves Pede Passagem” é uma peça brasileira, na linguagem simples, aprendida pelo seu autor, Guarnieri, nos botequins da vida. Com honestidade e sinceridade, a estória do poeta revolucionário que lutava pela abolição da escravatura, passa para o público – hoje, como em 1971 e em qualquer época – a emoção e a razão.

SERVIÇO
Castro Alves Pede Passagem
Estreia: 15 de setembro até 21 de outubro de 2012
Sábados às 19h e domingos às 18h
Ingressos: R$ 15,00 (PREÇO ÚNICO – PROMOÇÃO)
Recomendação: 12 anos
Local: Teatro Coletivo – Rua da Consolação, 1623 – Fone: 11 3255-5922

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

 

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 7 setembro, 2012 16:04


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook