Thaís Macedo faz show no Favellas, nova casa de samba da Lapa

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 10 agosto, 2012 09:11

Thaís Macedo faz show no Favellas, nova casa de samba da Lapa

O dengo e o talento do saudoso Dorival parecem ter ficado um pouquinho por Rio das Ostras para ecoar no CD de estreia da cantora Thaís Macedo, negra da “cor de canela” como a “Gabriela” do romance e da canção, descreveu Nei Lopes, no release de apresentação de seu primeiro álbum. Thais é fruto da terra a beira-mar e todos estes elogios rimam com o título de seu primeiro CD, O Dengo que a Nega Tem, que lançou no ano passado.

É este repertório que Thaís Macedo leva para a recém-inaugurada Favellas – uma junção de dois casarões históricos do século XIX que traz a favela para o coração do bairro mais boêmio da cidade, literalmente, e onde rola o melhor do samba de raiz ali na Lapa– no dia 16 de agostoquinta, às 22hs, com a participação da sambista brasiliense Renata Jambeiro.

Neste show Thaís mostrará músicas do repertório do disco, como a do título, e mais Mandamento (Gisa Nogueira), Minha Arte de Amar (Nei Lopes e Zé Luiz), Filosofia(André Filho e Noel Rosa), Morena do Mar (Norma Acquarone) e ainda Samba pras Moças (Roque Ferreira e Grazielle), Preá Comeu (Dona Ivone Lara), Dono da Dor (Nelson Rufino) e O que é o Amor (Arlindo Cruz), além de outras surpresas como músicas de Dona Ivone Lara, Arlindo Cruz e João Nogueira, entre outros.

A noite contará com uma participação especial do suingue da sambista brasiliense Renata Jambeiro – respeitada pelo público e pela crítica como a grande representante do samba na capital do país. A cantora de 30 anos encontra-se em fase de lançamento do terceiro trabalho, o CD Sambaluayê. Renata já recebeu em seus shows em brasília Dona Ivone Lara, Altay Veloso, Nilze Carvalho, Monarco, Leci Brandão e Noca da Portela.

Thaís estará acompanhada por Alexandre Bittencourt (sopros), Pedro Monteiro (cavaquinho), Hudson (violão 7 cordas), Netinho Albuquerque (pandeiro) e Peterson Vieira (percussão), Lupa Maia (contra-baixo) e Felipe Moura (Bateria).

Sobre Thaís Macedo

Thaís nasceu em 1989 em Macaé, RJ, e passou a infância em Conceição de Macabu. Filha de músico da noite e sobrinha de cantora, o ambiente musical a envolveu desde cedo. Daí, ainda na primeira infância, a participação no coral da escola e as pequenas apresentações em festas da associação do seu bairro, foram conseqüências naturais. Depois, no final dos anos 90, já em Rio das Ostras, os estudos de música na Escola da Fundação e as premiações como melhor intérprete em festivais, completaram um ciclo.

A partir de 2006 veio o aprendizado na noite. Em canjas inesquecíveis, veio o contato com artistas do calibre de Monarco, Moacyr Luz e Luiz Carlos da Vila e a afeição por um tipo de repertório marcado pelo refinamento melódico e poético. Até que, numa de suas vindas à Cidade Maravilhosa, preparando-se para o ingresso na Universidade, ficou de vez para apresentações regulares no Carioca da Gema.

“A princípio – diz Thaís – a idéia era fazer um CD demonstrativo para ter como material de trabalho/divulgação. Mas o apoio da família, amigos e músicos foi grande e então resolvemos fazer um disco com 12 faixas. Escolhemos as oito inéditas e quatro regravações. Regravei Filosofia de Noel (homenageando o seu centenário), Minha Arte de Amar, do Nei Lopes e do Zé Luis; Mandamento da Gisa Nogueira; e O Dengo que a Nega Tem do Dorival Caymmi (eu já sabia que queria gravar Caymmi; queria fazer uma homenagem ao compositor, que frequentou Rio das Ostras…)”. O álbum foi produzido por Carlinhos Sete Cordas e conta com a participação de grandes arranjadores como o maestro Rildo Hora, Ivan Paulo e Fernando Merlino

Hoje, com apenas 23 anos, Thais já é considerada uma das promessas da nova geração do samba, que se destaca não só pela voz e pelo carisma, mas pelo gingado natural e estilo próprio. Thaís já prepara seu segundo disco.

SERVIÇO
Show: O Dengo que A Nega Tem – Thaís Macedo e Samba Urbano e participação de Renata Jambeiro
Abertura: Miguelzinho do Cavaco e grupo.
Local: Favellas
Endereço: Rua Mem de Sá, 59 – Lapa
Horário: 22hs
Preço: R$ 20,00
Capacidade: 250 lugares
Classificação: 18 anos
Cartões: todos de crédito e débito
Estacionamento: não possui

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 10 agosto, 2012 09:11


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Dora e a Cidade Perdida

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel