Belo Horizonte recebe primeira edição da Mostra de Arte Sônica

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 19 junho, 2012 10:20

Belo Horizonte recebe primeira edição da Mostra de Arte Sônica

A música e o audiovisual em suas variedades de formas. Esta é a proposta da primeira edição da Mostra de Arte Sônica, que será realizada no período de 22 a 24 de junho no Sesc Paladium, com entrada gratuita.

A mostra é constituída de documentários, álbum audiovisual e oficina com o tema “Música para cinema”. Ao todo serão apresentadas seis produções que exploram o universo da música em seus diversos estilos e gêneros, mostrando a diversidade cultural, seus modos de produção e disseminação, além de roteiros conceituais de obras musicais, álbuns, histórias de artistas e a construção de cenas do underground musical mundial. Em algumas sessões haverá sorteio, para o público presente, de alguns dvd´s de filmes apresentados. O projeto é desenvolvido em parceria com a Mostra Kino Beat, realizada na cidade de Porto Alegre e que realiza em BH a sua 3a edição. Conta também com o apoio do Sesc – MG, Quina e Secretaria Estadual de Cultura.

O púbico terá uma variedade de temas corriqueiros da cena musical independente e roteiros que transitam entre a realidade e ficção. Além da música, assuntos como drogas, políticas sociais e culturais, muitas vezes tão polemizados, serão explorados de forma instigante e reflexiva. Dentre as produções apresentadas, destaque para “Kanzeon”, com sua primeira exibição na América do Sul; Odsaac, que narra a história de uma banda singular, a “Animal Colective”, transportando as pessoas para o universo lisérgico da banda. A seleção foi feita de forma bem criteriosa, com opções bem distintas e de destaque no mercado, conforme explica o coordenador da Mostra, Tadeus Mucelli: “os filmes foram escolhidos pela distinção entre cada um deles e seus temas. Além disso, por serem fortes representantes de uma linguagem da cena independente musical e audiovisual atual. É um recorte de qualidade sobre a cena musical, bandas, realidade e ficções, todos atemporais”.

A oficina – A oficina “Música para cinema” irá explorar a atualidade da produção de músicas e trilhas para o novo cinema Brasileiro, definir conceitos, além de atualizar os interessados sobre o tema. O ministrante será o músico Ronaldo Gino, atuante na área em Minas Gerais A inscrição é gratuita e deverá ser feita, antecipadamente, pelo email atendimento@serrassonica.com.br.

Sobre a Kino Beat – A Mostra Kino Beat se dedica a exibir conteúdo audiovisual relacionado à música. Sua primeira edição, em 2009, apresentou a maior seleção de obras audiovisuais relacionadas à música eletrônica já feita no Brasil. Em sua segunda edição, o projeto amplia sua análise musical abrindo sua programação para filmes que abordavam a música como uma expressão sem limites, derrubando suas barreiras e diminuindo os guetos. Além de Porto Alegre, a mostra passou pela cidade de Caxias do Sul, na Serra gaúcha. Sua residência oficial a Sala P.F Gastal da Usina do Gasômetro e tem o apoio da Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre. A iniciativa tem idealização e curadoria de Gabriel Cevallos.

Programação 

Dia: 22/06 (sexta-feira)
Horário: 19h30min
ABERTURA MOSTRA – Premier na América do Sul
Kanzeon legendas em inglês, falado em Japonês. (Reprise no Domingo 24/06)
De Neil Cantwell e Tim Grabham (UK, 2011, 86min)

Sinopse: Kanzeon apresenta uma compreensão mística do som, revelada através de encontros com músicos notáveis e rituais no sul do Japão. Kanzeon é parte documentário e parte exploração sensorial do som. Longe da familiaridade de Tóquio, uma visão raramente vista da cultura japonesa é revelada através de antigos rituais em contraste com o mundo atual. Estendendo a fusão do antigo com o novo que marca o filme, um dos personagens principais é um sacerdote que também atua como DJ de hip-hop e beatboxer. O filme convida o público a mergulhar neste mundo não convencional e em plena transformação.

Dia: 23/06 (Sábado)
Horário: 15h
BassWeigth Sem legendas, falado em inglês.
De SRK (UK, 2010, 61min)

Sinopse: Registro que oferece uma visão sem paralelo no mundo subterrâneo do Dubstep, pouco tempo antes do gênero se tornar um fenômeno mundial.Skream, Benga, Kode9 e Mary Anne Hobbs são apenas alguns dos principais personagens que contribuíram, refletindo sobre o movimento que eles ajudaram a dar forma.

Dia: 23/06 (sábado)
Horário: 17h
Abertura o mini-metragem DJ David Sampler
BREGA S/A, De Vladimir Cunha e Gustavo Godinho (Brasil, 2009, 60min)

Sinopse: Gravado entre 2006 e 2009, aborda a cena tecnobrega de Belém do Pará. Feito por artistas pobres, gravado em estúdios de fundo de quintal e com relações profundas com a pirataria e a informalidade, o tecnobrega é muito mais do que a trilha sonora da periferia.

Dia: 23/06 (Sábado)
Horário: 19h
Oddsac – Sem diálogos.
De Danny Perez e Animal Collective (EUA, 2010, 54min)

Sinopse: Experimental e psicodélico o filme é um álbum visual da banda Animal Collective. Influenciado por filmes de horror, rituais pagãos e video arte, a obra é um reflexo da densa musicalidade do grupo american.

Dia: 24/06 (domingo)
Horário: 16h
Nas Paredes da Pedra Encantada
De Cristiano Bastos e Leonardo Bomfim (Brasil, 2011, 130min).

Sinopse: Um road movie que viaja pelas lendas do mítico Paêbirú – Caminho da Montanha do Sol, álbum lançando em 1975 por Lula Côrtes e Zé Ramalho, é considerado um marco na música psicodélica nacional

Dia: 24/06 (domingo) 
Horário: 20h
Wild Combination – A Portrait of Arthur Russell – Sem Legendas, falado em inglês.
De Matt Wolf (EUA, 2008, 71min)

Sinopse: Retrato do seminal violoncelista, cantor, compositor avant-garde, e produtor de disco music Arthur Russell. Antes da sua prematura morte de AIDS em 1992, Arthur foi um prolífico criador musical, que transcendeu em seu trabalho o pop e o intrincado mundo da música abstrata. Agora, mais de quinze anos desde o seu falecimento, o trabalho de Arthur finalmente encontra o seu público. Imagens raras de arquivo e comentários da família, amigos e colaboradores mais próximos, incluindo Philip Glass e Allen Ginsberg.

SERVIÇO
Belo Horizonte recebe primeira edição da Mostra de Arte Sônica
Período: 22 a 24 de junho
Local: Sesc Paladium
Endereço:  Av. Augusto de Lima, 420 – Centro – Belo Horizonte/MG
Sala: Cinema (1º piso)

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 19 junho, 2012 10:20


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Dora e a Cidade Perdida

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel