Projeto Espetáculo da Terra, da artista plástica Denise Milan, propõe integração entre ser humano e universo

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 14 junho, 2012 08:01

Projeto Espetáculo da Terra, da artista plástica Denise Milan, propõe integração entre ser humano e universo

Espetáculo da Terra é um movimento de arte pública que faz parte de uma série de projetos concebidos pela artista Denise Milan. Voltado para a sobrevivência do planeta, o evento acontecerá concomitantemente à Conferência das Nações Unidas em Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. O SESC apresentará o projeto na Conferência como exemplo de comprometimento com o respeito à Terra e com a transformação da consciência humana.

Unindo mais de 1.000 crianças e adolescentes, seus familiares e professores das comunidades de Interlagos, Osasco, Pinheiros, Santana, Itaquera e Heliópolis, o projeto propõe a integração do ser humano ao universo através do conhecimento da pedra. Precedido por um momento introdutório a “poética científica” da Pedra Azul – a Terra –, a “celebração” reunirá todos no dia 20 de junho no SESC Ipiranga, de onde parte o “Cortejo das Vidas Preciosas” para o Parque da Independência.

Após palestras explicativas sobre a obra de Denise, ministradas pela própria artista, os professores, coordenadores e arte-educadores receberam um material didático de apoio, elaborado especialmente para o projeto, iniciando uma série de atividades que vão desde jogos lúdicos de perguntas e respostas até rodas de debates e invenções coreográficas. Nessa etapa, as crianças aprendem sobre a formação biológica da Terra e seus minerais e levam esse conhecimento para outras áreas do saber, como, por exemplo, a filosofia e a arte. Traçando paralelos entre suas vidas e a cristalização da pedra, os jovens iniciam outra forma de pensar e sentir, desenvolvendo, assim, outra consciência da Terra.

Em 2010 o projeto ganhou forma nos CCCAs (Centro para Crianças e Centro para Adolescentes) de Heliópolis e contou com cerca de 750 estudantes. Em 2011 estendeu-se para Grajaú e Jaguaré, totalizando 1.250 participantes.

Neste ano, o projeto agrega seis regiões de São Paulo – Interlagos (CCCA Grajaú), Osasco (Lar Madre Benedita), Pinheiros (CCCA Criança Feliz), Santana (C. Social Cônego Luiz Biase), Itaquera (Fundação Tide Setubal) e Heliópolis (Projeto PAM) -, além de seis unidades do SESC São Paulo: Interlagos, Itaquera, Osasco, Pinheiros, Santana e Ipiranga.

Sob a orientação de professores e educadores de arte, os estudantes participam de oficinas, nas quais aprendem conceitos básicos sobre a formação da Terra do ponto de vista geológico e entendem a relação entre esses minerais que compõem o planeta e os símbolos associados na obra da artista. A ação culmina no Cortejo das Vidas Preciosas, no dia 20 de junho, no SESC Ipiranga, em que todos os participantes se reúnem para uma caminhada até o Parque da Independência. Lá, os jovens soltam pipas “preciosas” no ar, que representam a vida de cada um.

Quando chegarem ao altar da pátria, a cantora Badi Assad cantará seu amor pela Terra no papel de Agrégora, ametista de formas e sentimentos humanos. Depois de sua declaração, num grito que proclama a integração e o nascimento de novos valores, as pipas serão levadas ao céu – cada uma representando uma pedra preciosa existente em terras brasileiras: quartzo, safira, rubi, turmalina, esmeralda, topázio e água marinha.

Ao aproximarmos mais de 1.000 crianças e adolescentes que transitam na periferia de nossa cidade, cujas vidas muitas vezes são esquecidas e excluídas, e propormos a eles essa experiência artística educacional, abre-se uma possibilidade para que, através da pedra, aprendam sobre si mesmos. Estamos iniciando, assim, uma revolução artística – a da pedra azul – um novo modo de percebermos que somos parte de um todo e aprenderemos a respeitar e conviver com os fenômenos geológicos. O Espetáculo da Terra é apenas o despertar dessa consciência, quando descobrimos o amor por nossas próprias vidas e pela Terra, a Pedra Azul!

A artista

Denise Milan desenvolve há 24 anos um trabalho artístico que explora a analogia entre a vida humana e o mineral. Estende aos outros a linguagem que transcreve o conhecimento da evolução terrestre que as pedras lhe transmitem. Uma escriba de um mundo que se parece intransmissível, mas está diante de nossas vidas a espera que possamos captar-lhe e permitir sua existência. A partir da gênese da pedra ela nos conecta a um mundo que está em constante transformação para que possa se desenvolver plenamente. Esse mundo somos nós, as pedras e o planeta numa busca harmoniosa pela integração natural e cultural. Numa história que remonta as origens da Terra, o quartzo é o mineral mais presente na crosta dos continentes, cerca de 70% do planeta, e nas produções de Denise. Contendo dentro de sua estrutura os princípios da natureza, ele pode nos responder como sobreviver perante as adversidades valendo-se de suas propriedades – que são: adaptação, agregação, equilíbrio, constância e expansão – e assim reinventarmos nossas próprias vidas.

Trabalhando há mais de vinte anos a partir de uma profunda visão humanista, Denise Milan tem realizado esculturas, foto-colagens, instalações fotográficas e performances. Seus trabalhos são apresentados nas mais renomadas instituições de São Paulo, Belém, Brasília, Salvador, Chapingo, no México, Chicago, Washington e Nova York, nos Estados Unidos, Hakone e Osaka, no Japão, Hannover, na Alemanha, Londres, na Inglaterra, Paris, na França e Taipei, em Taiwan.

Em junho, o Chicago Cultural Center recebe sua exposição individual The Mist of the Earth, em que a temática do Espetáculo da Terra é abordada em foto-colagens. No mês de setembro, a artista abre The Realm of Love and Forgiveness, em Assis, na Itália, dentro do programa do Global Gathering, realizado pelo Instituto Fetzer dos Estados Unidos.

A equipe

Espetáculo da Terra foi concebido com a colaboração da arte-educadora Rosa Iavelberg, da pedagoga Carla Govêa e da socióloga Regina Barros. A coordenação pedagógica é de Stela Maris Sanmartin e a implantação do projeto é de Luzia Garcia. Como consultoras desse movimento estão Gesa Waitz e Naomi Moniz. A produção é de Petean, assistência geral de Marcus Vinicius Furtado e coordenação de texto de Marina Mantoan. O apoio da equipe do SESC Ipiranga, Vila Mariana, Santana, Itaquera, Osasco, Pinheiros, Interlagos também foi de fundamental importância para a realização do Espetáculo da Terra.

SERVIÇO
Espetáculo da Terra – Cortejo das Vidas Preciosas
Dia 20 de junho de 2012, quarta, às 15h
Saída do SESC Ipiranga em direção ao Parque da Independência
Endereço: Rua Bom Pastor, 822 Ipiranga – São Paulo/SP
Informações: 11 3340-2000

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Fonte: Assessoria de Imprensa/SESC

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 14 junho, 2012 08:01


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook