Revista do Cinema Brasileiro recebe Anna Muylaert

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 25 maio, 2012 10:38

Revista do Cinema Brasileiro recebe Anna Muylaert

O programa deste sábado fala sobre a diversidade do cinema brasileiro e da busca por uma linguagem própria, autoral e que dialogue com o público. Roteiristas e diretores participam desta troca de ideias e dizem o que pensam sobre o equilíbrio desses elementos e a relação entre o cineasta e o espectador, que talvez seja um dos maiores desafios atuais do nosso cinema.

Um deles é o diretor René Sampaio, que transformou a música Faroeste Caboclo, de Renato Russo, em filme. O longa está em fase de finalização, e o diretor conta na entrevista quais foram as referências de linguagem para esse trabalho. Renê fala ainda sobre a experiência de filmar o primeiro longa depois de anos dirigindo filmes publicitários.

Quem também bate ponto nesta edição do Revista é a diretora Anna Muylaert. Uma das criadoras de “Castelo Ra Tim e Bum” e “No mundo da Lua”, programas que fazem sucesso há mais de 10 anos na TV, ela estreou em 2002 no cinema com Durval Discos, um retrato da classe media paulistana, com ares surrealistas. É Proibido Fumar, seu segundo longa, ganhou oito prêmios no Festival de Brasília em 2009. No bate-papo com a apresentadora Maria Luisa Mendonça, Anna fala que gosta de histórias “miúdas” no roteiro, daquelas baseadas nas relações humanas, que podem atingir mais pessoas na relação particular-universal.

A equipe de reportagem preparou também uma matéria sobre o documentário O Roteirista, de Lucas Paraizo. O filme mostra a importância do trabalho desses profissionais e como a escolha de uma pessoa ou outra é determinante para o desenvolvimento da narrativa de um filme. De uma forma aberta e sincera, os roteiristas mais importantes do Brasil compartilharam com o diretor e com o público seus métodos, duvidas, desejos e conquistas.

Outro convidado do programa é o diretor baiano André Luiz Oliveira, que surpreendeu todo mundo em 69 com seu “Meteorango Kid – o Herói Intergalático”! O filme ganhou premio de público no Festival de Brasília e desde então ele seguiu fazendo filmes não comerciais, sempre com a preocupação de buscar uma linguagem autoral e brasileira. Agora André lança “Sagrado Segredo”, que junta documentário, ficção, livro, física quântica, história do Catolicismo e a encenação da Via Sacra em Planaltina, no Distrito Federal.

O Revista do Cinema Brasileiro vai ao ar na TV Brasil (Canal 2, 18 Net, 116 Sky), sábado, às 20h30, e reprisa terça, à 1h.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 25 maio, 2012 10:38


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel