Oswaldinho do Acordeon lança seu novo disco “Forró Chorado” em três apresentações em São Paulo

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 21 maio, 2012 23:20

Oswaldinho do Acordeon lança seu novo disco “Forró Chorado” em três apresentações em São Paulo

O versátil ícone da música brasileira, Oswaldinho do Acordeon, apresenta ao público seu mais recente CD Forró Chorado”, uma releitura do eterno chorinho em ritmo tradicional de forró, dias 25 e 26 no Sesc Santo Amaro e dia 27 no Auditório Ibirapuera.

Acompanhado por Vinícius Barros (pandeiro), Ricardo Valverde (zabumba e vibrafone), Kacá Albuquerque (triângulo), Zeli Silva (contrabaixo), Vinícius Gomes (guitarra) e Bia Goes (vocal), Oswaldinho resgata sua raíz “pé de serra” e puxa o fole de sanfona no ritmo da percussão nordestina em seu novo show, que conta ainda com a participação especial do produtor do disco, Thiago Espírito Santo (baixo e guitarra), e do Grupo Vibrafone Chorão.

O repertório é baseado nas fusões pelas quais o artista é mundialmente conhecido: forró, baião e choro. Além das composições próprias, como a música que dá nome ao CD “Forró Chorado”, “Na Alegria do seu Aniversário um Choro” e “Um Tom para Jobim”, parceria com Sivuca, Oswaldinho apresenta grandes clássicos da música tradicional nordestina, como Treze de Dezembro, de Luiz Gonzaga e Gilberto Gil. Também fazem parte do repertório “Gracioso”, de Altamiro Carrilho, e Noites Cariocas, de Jacob do Bandolim, entre outras.

O espetáculo Forró Chorado conta com a cenografia da artista plástica Luli Ramalho que através de desenhos simples e alegres incorpora o universo típico do choro (roda de choro) ao universo festivo nordestino retratado pelas típicas festas de São João, transmitindo o conceito sonhado por Oswaldinho do Acordeon.

Oswaldinho do Acordeon – O talento de Oswaldinho já foi reconhecido pelos europeus como uma das mais velozes mãos do acordeon. Com 24 discos gravados, o músico, que aos 12 anos já tocava profissionalmente, participou de festivais internacionais importantes como Free Jazz Festival e Rock in Rio, e já tocou como solista convidado da Jazz Sinfônica de São Paulo, Orquestra de Câmara de Curitiba, Orquestra Jovem do Estado, Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, entre outras. O músico gerou polêmica ao gravar o álbum ‘Forró in Concert’, em 1980, por trazer música clássica para o forró, como a ‘Sinfonia nº 5’ de Beethoven. A partir daí, assumiu a responsabilidade de mostrar ao mundo que o acordeon é um instrumento sem limites ou barreiras regionais, assim como fez Luiz Gonzaga, nas décadas de 30 e 40, grande mestre do instrumento.

Ouça: http://www.myspace.com/oswaldinhoacordeon

SERVIÇO
Oswaldinho do Acordeon
Data: 25 e 26 de maio, 20h, Sesc Santo Amaro
Endereço: Rua Amador Bueno, 505

R$ 20 inteira
R$ 10 usuário inscrito no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública e estudantes com comprovante
R$ 5 trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no SESC e dependentes

27 de maio, 19h, Auditório Ibirapuera (Av. Pedro Álvares Cabral, 702)

R$ 20 inteira/ R$ 10 meia

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 21 maio, 2012 23:20


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel