Delia Fischer, apresenta pela primeira vez em São Paulo, “Saudações Egberto”, no Sesc Vila Mariana

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 21 Maio, 2012 22:38

Delia Fischer, apresenta pela primeira vez em São Paulo, “Saudações Egberto”, no Sesc Vila Mariana

Focada em novos arranjos, mas respeitando a obra do autor, Delia Fischer faz uma releitura letrada da obra de Egberto Gismonti no cd “Saudações Egberto”, patrocinado pelo Prêmio Sesc Rio. O lançamento em São Paulo acontecerá no dia 25 de maio, no SESC Vila Mariana, com participação especial do pianista André Mehmari.

O nome Delia Fischer talvez seja desconhecido para muitos, porém, seu nome consta em fichas técnicas de discos premiados e aclamados pela crítica. No final da década de 80, fez parte do Duo Fenix, ao lado de Cláudio Dauelsberg. A dupla percorreu as principais capitais do Brasil e da Europa, entre 1988 e 1990, participando de festivais de jazz. A artista também participou de shows e gravações de discos com artistas como Toninho Horta, Ed Motta, Robertinho Silva, Nivaldo Ornelas, Bob Baldwin, Thiago de Mello, entre outros, além de fazer a orquestração de 7 – O Musical, de Charles Moeller e Claudio Botelho, com trilha original de Ed Motta. Também fez os arranjos do musical Beatles num céu de diamantes, dos mesmos diretores, sendo contemplada junto com Jules Vandystadt com o Prêmio Shell 2009 na categoria música. Ainda no teatro, fez direção musical e arranjos para o espetáculo Era no tempo do Rei, baseado no livro homônimo de Ruy Castro, com direção de João Fonseca e músicas de Carlos Lyra e Aldir Blanc. Atualmente, acompanha a cantora Ana Carolina no novo projeto Ensaio das Cores.

A ligação de Delia Fischer com Egberto Gismonti é antiga. Desde pequena, a musicista é devota dos álbuns do músico. A menina cresceu e escolheu viver de música. Tornou-se uma pianista reconhecida, passou a compor e a escrever arranjos até que um belo dia resolveu cantar.

Em 1999, calhou de trabalhar com Egberto. Ele produziu e lançou o álbum Antonio pela sua gravadora Carmo/ECM, que repercutiu no mundo. O nome do álbum foi escolhido por ele é uma Homenagem ao filho dela. Ali nascia a amizade entre os músicos.

Delia Fischer sempre sonhou em revisitar a obra de Egberto Gismonti. Mas revisitar mesmo: vestir os temas com novos arranjos, encomendar letras para clássicos, carimbar com as suas digitais a produção do multiinstrumentista e compositor. Ganhar o Prêmio Sesc Rio de Fomento à Cultura, edição 2010, foi decisivo e esse Saudações Egberto que você tem em mãos é o resultado de um sonho. Não por acaso, “O sonho”, de 1969, foi escolhido para abrir o disco. “Foi ano da chegada do homem à lua. Apesar de tudo, a música continua atual. Sacha Amback participou lindamente fazendo um interlúdio eletrônico”, lembra ela, sorridente.

O lançamento foi feito em uma curta temporada na Arena do Espaço SESC, em Copacabana, entre os dias 22 a 26 de junho de 2011, e somente agora chega a São Paulo.

No show, Delia é acompanhada por Pedro Guedes (violão, baixo e violão tatu) e Naife Simões (percussão, bateria, flugelhorn e percussão vocal) – a mesma banda do estúdio, por onde ainda passaram Paulinho Moska e o homenageado, Egberto Gismonti. Moska canta com ela a faixa “Um outro olhar / (Pêndulo)”, cuja letra foi encomendada a Ronaldo Bastos especialmente para o disco, e Egberto toca o seu violão de dez cordas na faixa-título, parceria dele com Paulo César Pinheiro.

Para escolher o repertório, Delia escutou novamente todos os discos do mestre, “que são ainda incrivelmente atuais e instigantes e me fizeram querer tocar, compor e entrar no universo musical, com a grande vantagem de poder agora realizar com maturidade e colocar um pouco da minha própria visão”. Ela dedicou especial atenção à primeira fase da produção musical do compositor, a mais “popular”, dos anos 1970 e 1980, quando ele usava fartamente o formato canção, com letra ou instrumental. “Egberto é um músico que possui todas as ferramentas para a criação de obras sinfônicas, canções e ainda tem o dom da improvisação, como os grandes mestres do século XIX. Isso tudo aliado a seu profundo conhecimento da música universal e mantendo o foco no Brasil”, diz.

SERVIÇO
Delia Fischer – Saudações Egberto
Data: 25 de maio, 20h30
SESC Vila Mariana
Endereço:
Rua Pelotas, 141 – Vila Mariana – São Paulo

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 21 Maio, 2012 22:38


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*