Justo uma imagem no Glaucio Gill

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 2 maio, 2012 18:23

Justo uma imagem no Glaucio Gill

Cinema ao vivo e dança contemporânea dividem o mesmo palco no espetáculo “Justo uma imagem”, de Denise Stutz e Felipe Ribeiro, que terá sua estreia para cariocas em maio, no Teatro Glaucio Gill. A peça já foi apresentada em São Paulo, Fortaleza, Ipatinga, Recife, Santos e Quito, no Equador. A temporada será de 9 a 31 de maioquartas e quintas, às 20h.

Denise Stutz, que fundou com outros integrantes o Grupo Corpo em 1975 e há nove anos segue carreira solo, apresenta a performance sob direção de Felipe Ribeiro, que também está presente projetando e desconstruindo verbalmente imagens em cena. “Justo uma Imagem” é, portanto, um grande encontro entre a dança contemporânea e o cinema, como destaca o diretor: “entre essas duas artes que acontecem em salas escuras e a arte de rua de um escultor que há mais de 20 anos remodela uma mesma escadaria. É uma ‘obra-ensaio’ que acontece entre a casualidade pop da Lapa e sua apropriação cênica”.

Denise Stutz e Felipe Ribeiro se relacionam de tal forma em cena que o virtual não é mais percebido como uma projeção do real, mas como o real em si. “Quando eu vejo o Selarón falando sobre essa obra interminável que é a escadaria de azulejos coloridos que ele criou, essa obra que o coloca preso a ela, escravo dela, por amor a ela; eu penso nos meus vários anos de dança, no meu ofício de intérprete. É ali, cada um na sua prisão cotidiana, que tanto cerceia quanto expande, que Selarón e eu nos encontramos”, explica Denise. “Neste sentido esta obra é uma homenagem e uma declaração de amor que o Felipe propõe pelas nossas histórias de vida”, conclui.

A dança contemporânea tem se mostrado um eficiente método de discussão sobre cena e cidade, sobre dramaturgia e documentário. “Justo uma imagem” enriquece esta discussão ao constituir sua dramaturgia em profunda relação do movimento com as imagens do Rio de Janeiro, em especial a Lapa.

“Justo uma Imagem” é o primeiro espetáculo da parceria entre Denise Stutz e Felipe Ribeiro. Contemplado pelo programa Rumos Itaú Cultural de Dança, em 2010, o espetáculo foi apresentado no Itaú Cultural, no SESI Paulista, percorreu o circuito de festivais de dança no Brasil e fez uma apresentação em Quito, no Equador, sem setembro de 2011.

A dupla também trabalhou na construção de “Dançar e Imaginar”, “Espalha para Geral!” e inicia um novo processo de criação intitulado “Até que você me esqueça”.

SOBRE A INTÉRPRETE

DENISE STUTZ, iniciou seus estudos de dança em Belo Horizonte. Em 1975 junto com outros 10 bailarinos fundou o Grupo Corpo. Trabalhou com Lia Rodrigues como bailarina, professora e assistente de direção. Foi professora do curso técnico da Escola Angel Viana. A partir de 2003 começou a desenvolver seu próprio trabalho solo, apresentando-se na França, Espanha e África. Seu solo “DeCor” foi apontado pela crítica do jornal O Globo como um dos dez melhores espetáculos apresentados no Rio de Janeiro no ano de 2004. No ano seguinte, estreou o solo “Absolutamente Só” no Itaú Cultural, em São Paulo. Em 2007 criou “Estudo para Impressões”, estreando em Madrid. Em 2008 trabalhou uma releitura dos seus trabalhos em “3 solos em 1 tempo” se apresentando no Rio de Janeiro, Porto Alegre, Goiânia e Madrid. Participou dos festivais “Move Berlim” e na “Bienal de Dança”, de Fortaleza. Foi convidada pelo Festival Panorama da Dança para trabalhar com os artistas do Colaboratório no Rio de Janeiro e em Teresina.

SOBRE O DIRETOR

FELIPE RIBEIRO é Mestre em Cinema Studies pela NYU, documentarista e artista visual, professor do curso de Cinema da Universidade Estácio de Sá, e pesquisador associado do Instituto de Artes Visuais da UERJ. Autor de vídeoinstalações, escreveu e dirigiu a peça teatral “Trans-Tv”, em que atores contracenavam com imagens editadas ao vivo, projetadas sobre um planorelevo. É também consultor artístico da Bienal “De Par em Par” de vídeo e dança do Ceará. Ministrou diversos workshops pelo Brasil e conta com publicações eminentemente sobre filosofia e performance.

SERVIÇO
Justo uma imagem
Data:
09/05 a 31/05
Teatro Glaucio Gill
Endereço: Praça Cardeal Arcoverde s/n – Copacabana
Informações: (21) 2332-7904
Funcionamento da bilheteria: de quarta a segunda, a partir das 16h.
Capacidade: 100 lugares
Classificação etária: 14 anos.
Duração: 50 minutos
Ingresso: R$10 (inteira)/ R$5 (meia)

*As informações são de responsabilidade de seus organizadores e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 2 maio, 2012 18:23


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Angry Birds 2

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel