Projeto MVMob – Minha Vida Mobile promove produção de conteúdos audiovisuais com celulares nas escolas

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 25 abril, 2012 10:18

Projeto MVMob – Minha Vida Mobile promove produção de conteúdos audiovisuais com celulares nas escolas

Promover a sinergia entre cultura, tecnologia e educação é o lema do projeto MVMob – Minha Vida Mobile que incentiva a reflexão sobre o papel do celular na vida cotidiana, na inclusão digital, nos processos de comunicação e o seu impacto na educação. Por meio de ações criativas, o projeto aponta caminhos para que os estudantes exerçam as habilidades de interpretação, síntese, criatividade, pesquisa e construção de linguagens artísticas. O objetivo também é democratizar a produção e o acesso aos conteúdos audiovisuais, através da inovação no aprender.

O MVMob – Minha Vida Mobile foi criado em 2006 para oferecer subsídios teóricos e práticos para que educadores e estudantes incorporassem o uso das linguagens midiáticas no cotidiano da escola, como ferramentas de complementação ao processo de ensino-aprendizagem. Em 2008, passou a ter patrocínio da operadora de celulares VIVO, através das Leis de Incentivo à Cultura. A partir daí o projeto começou a ser ampliado e levado para vários estados. Com a seriedade da proposta de trabalho e ações efetivas, o projeto foi reconhecido em 2011 como “Inovação Educativa” pela Fundação Telefônica, em parceria com o Instituto para o Desenvolvimento e a Inovação Educativa da OEI (Organização dos Estados IberoAmericanos).

O projeto é composto por quatro atividades principais: oficinas gratuitas em escolas públicas e espaços de educação formal e não-formal; rede de aprendizagem interativa e intercâmbio cultural (portal multiusuário, online – www.mvmob.com.br); mostra itinerante com trabalhos realizados por estudantes e educadores; concurso cultural que premia os trabalhos de destaque.

As oficinas do MVMob são ministradas nas escolas públicas da Rede Estadual de Ensino de cada estado e contam com a participação de estudantes do ensino médio, com idades entre 13 e 17 anos, que juntamente com os educadores, aprendem sobre vídeo, fotografia, áudio e produção de texto, tendo o celular como ferramenta. Sua duração varia de 04 a 08 horas e os trabalhos realizados são publicados no portal www.mvmob.com.br.

Segundo Wagner Merije, jornalista, arte-educador e idealizador do projeto “Depois de muita resistência, estamos conseguindo levar nossa proposta para mais e mais escolas. O conteúdo é mais importante que o acabamento do trabalho, pois a intenção é sensibilizar para as possibilidades educativas que o celular pode trazer”. O resultado desse interesse e intercâmbio por parte de educadores e jovens estudantes pode ser visto diariamente através do portal do projeto, que reúne atualmente cerca de 700 escolas e mais de 5.000 participantes de todo o Brasil.

NOVIDADES PARA 2012

O projeto já passou pelos Estados de Minas Gerais, Bahia e São Paulo. Para este ano, no primeiro semestre, ele retoma os mesmos estados, passando por novas cidades.

Em Minas: Araxá, São João Del Rey, Caxambu, Viçosa, Florestal, Pouso Alegre, Barbacena e Pedro Leopoldo, Congonhas e Belo Horizonte.

Na Bahia: Salvador, Cachoeira, Cruz das Almas, Sto Antônio de Jesus, Lençóis, Vitória da Conquista, Caetité, Prado, Porto Seguro, Juazeiro.

Em março foi lançado o DVD do MVMob em Minas Gerais, mostrando o making off e os destaques dos trabalhos realizados no ano passado. Ainda este semestre será lançado o DVD MVMob São Paulo.

Paralelo a isso, foi lançado também a revista “Universo Pictórico MVMob” – Vol. II, com fotos de estudantes e educadores realizadas com aparelhos celulares.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 25 abril, 2012 10:18


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!