Grupo teatral II Trupe de Choque faz criação conjunta com público

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 8 março, 2012 13:01

Grupo teatral II Trupe de Choque faz criação conjunta com público

Você se arruma, pega o carro, sai de casa e chega até o local onde pretende ver um espetáculo. Mas prepare-se. Não é bem um espetáculo, e sim, um anti-espetáculo. A atividade é ao ar livre, você pode terminar o dia como ator ou mesmo na direção de uma cena. Isto porque, a criação conjunta com o público é o principal foco da II Trupe de Choque, um coletivo teatral que há 10 anos rompe os padrões e radicaliza a relação público-ator.

 

O projeto, denominado Detritos em Ensaio, está “em cartaz” no antigo Hospital Psiquiátrico Pinel, em Pirituba, zona leste de São Paulo, de 10 de março de 2012 a 19 de maio de 2012, às sextas e sábados. O objetivo geral do projeto, apoiado pela Lei de Fomento ao Teatro, é construir, junto com o público, um espetáculo teatral a partir de 44 textos trágicos, (que vão de Esquilo a Heiner Muller, passando por Shakespeare e Vianinha) em uma investigação que se pergunta sobre a experiência trágica contemporânea, em um mundo pós-11 de setembro.  A Trupe abre para o público seu processo de criação, desde o aquecimento e ensaio até a montagem da cena.  “O nome vem da ideia de uma construção de ruínas, um acúmulo de fragmentos”, diz Ivan Delmanto, diretor da II Trupe de Choque.  Não é necessário conhecimento prévio em teatro ou qualquer outra linguagem artística. Para participar dos “espetáculos”, cada espectador deve fazer uma reserva prévia e ele poderá sair a qualquer momento. “Detritos em ensaio é a radicalização da peça didática, uma quebra de ilusão, da relação distanciada entre platéia e atores. Conosco, o público vivencia um processo”, complementa o diretor.

 

Núcleos Peripatéticos de Pesquisa

 

Aberto ao público e a interessados em teatro, os Núcleos Peripatéticos de Pesquisa são espaços de aprendizagem coletiva que conjugam diversas linguagens artísticas. Coordenado pelos atores da II Trupe de Choque com direção geral deIvan Delmanto, os Núcleos Peripatéticos fazem parte do mais novo projeto de investigação teatral do grupo, “Material Ciborgue/Eldorado Silício 11 de Setembro” contemplado pela Lei Municipal de Fomento ao Teatro para a cidade de São Paulo. Para participar dos Núcleos não é necessária experiência anterior basta apenas inscrição prévia. Os Núcleos estarão permanentemente abertos durante toda sua realização. Serão quatro Núcleos Peripatéticos de Pesquisa, cada um coordenado por atores da II Trupe de Choque e que terão como tema de pesquisa um dos materiais trágicos escolhidos neste projeto.

 

Programação Núcleos Peripatéticos

 

MATERIAL BRASIL

Foco: a tragédia brasileira como dialética estagnada

Texto base: Brasil – versão brasileira (Oduvaldo Vianna Filho)

Encenação: Lígia Marina

Terças-feiras: 15h30-18h30

 

MATERIAL FIORDES

Foco: símbolo e alegoria em Ibsen: tragédia liberal

Texto base: Quando nós, os mortos, despertarmos (Henrik Ibsen)

Encenação: Carmem Soares – Terças-feiras: 15h30-18h30

 

MATERIAL RUÍNAS

Foco: a espacialidade da ruína: 11/09 como alegoria estruturante

Texto base: Dias Felizes (Samuel Beckett)

Encenação: Marcelo Correia

Terças-feiras: 15h30-18h30

 

MATERIAL INGLATERRA

Foco: o nascimento do estado moderno: onde está o poder?

Texto base: Henrique IV – parte 1 (William Shakespeare)

Encenação: Anderson Ferreira

Sábados: 10h às 13h

 

::: Serviço:::

Local: CAISM PHILLIPE PINEL (antigo Hospital Psiquiátrico Pinel)

Av. Raimundo pereira de Magalhães, 5214 – (próximo ao terminal Pirituba de ônibus e à estação Pirituba de trem)

Reservas e Inscrições: 2trupedechoque@gmail.com

Ou 11 – 2368-7921 e 8046-0012

Faixa etária das atividades: a partir de 18 anos

Site: www.trupedechoque.com.br

Todas as atividades são gratuitas.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 8 março, 2012 13:01


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!