VIRSKY – Balé Nacional da Ucrânia faz turnê pelo Brasil

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 27 fevereiro, 2012 16:16

VIRSKY – Balé Nacional da Ucrânia faz turnê pelo Brasil

As cores brilhantes, as coreografias de tirar o fôlego, a riqueza e a originalidade de suas apresentações – esse é o mundo de Virsky, carregado de paixão e poesia, com espetáculos vibrantes que emocionam e encantam as plateias do mundo todo com suas cores, sua alegria e energia. Foi essa interação única com a plateia que fez da Virsky – Balé Nacional da Ucrânia, uma das principais companhias de dança da Europa e um dos mais aclamados grupos de danças nacionais do mundo. Batizada com o nome de seu fundador, Pavlo Virsky, a companhia vem se destacando pelo seu virtuosismo e pela magia de seu repertório, acumulado em 75 anos de tradição.

 

Em abril, a companhia chega ao Brasil para uma extensa turnê com produção da Dell’Arte Soluções Culturais. Eles se apresentarão no Rio de Janeiro (17 e 18 de abril, Teatro João Caetano), Novo Hamburgo (9 de abril, Teatro Feevale), Porto Alegre ( 10 e 11 de abril, Teatro Bourbon Country), Curitiba(13 e 14 de abril, Teatro Guaíra), Belo Horizonte (19 de abril, SESC Paladium), Brasília (26 e 27 de abril, Teatro Nacional), São Paulo (1, 2 e 3 e 4 de maio,  Theatro Municipal) e Santos (5 de maio, Teatro Coliseu). Outras datas poderão ainda ser confirmadas para a turnê nacional.

 

A companhia

 

Considerado um dos grupos de maior prestigío no mundo, o Balé Nacional da Ucrânia reúne em suas apresentações mais de 50 bailarinos em cena e orquestra ao vivo. Foi criado em junho de 1937 pelos coreógrafos Pavel Virsky e Nicolai BolotovVirsky dirigiu a companhia de 1937 a 1975, ano de sua morte, e em sua homenagem, a companhia passou a ter o seu nome – uma prova da contribuição deste artista para a dança.

 

A partir de 1980, Miroslav Vantoukh assume a direção da companhia. Com ele se reconstruíram as danças criadas por Pavel Virsky, consideradas clássicas dentro da linguagem teatral. Para a crítica, aliás, a dupla Pavel Virsky e Miroslav Vantoukh se destaca entre os grandes criadores do século XX, por seu repertório variado e de tanta riqueza teatral. Entre os exemplos desta obra extensa, estão o burlesco Povzounetz,  a beleza incomparável da Dança das Rendilheiras e o muitas outras .

 

O Espetáculo

 

O principal objetivo do Balé Nacional da Ucrânia é pesquisar, reunir e difundir as tradições e costumes da cultura do povo ucraniano a partir do estilo de dança regional e de novas coreografias que captem o espírito do passado e do presente do país. Partindo deste princípio, seu fundador, Pavlo Virsky, criou composições coreográficas de elevado nível artístico que serão apresentadas no Brasil, como Ucrânia minha UcrâniaOs Marinheiros e divertida dança Kozaka Povzunets.

 

Ao lado destas danças estão, Dança ucraniana com o tamborimMontes CárpatosPolka da Volinia, Dança Cigana, Hutsulka, Zaporozhti, Hopak (Dança Nacional) entre outras incorporadas pelo diretorMyroslav Vantukh, com grande sucesso em vários países.

 

Conduzidas pelo renomado músico ucraniano Alexander Cheberko, todas estas coreografias destacam o virtuosismo, agilidade, beleza e humor dos bailarinos do Balé Nacional da Ucrânia. Tudo isso faz do espetáculo de Virsky uma experiência inesquecível, pela riqueza teatral e pela beleza incomparável deste conjunto harmônico e suntuoso.

 

A turnê do Virsky no Brasil faz parte das comemorações dos 20 Anos das Relações Diplomáticas Brasil-Ucrânia.

 

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 27 fevereiro, 2012 16:16


Escreva um comentário

2 Comentários

  1. Juliana março 19, 13:26

    Sou descendente de ucranianos e faço parte de um grupo de danças folclorica ucraniana em São Paulo, e o Virsky sem dúvidas é o melhor!!!!

    Responder a esse comentário
  2. Marcelo Lisa março 28, 07:30

    Maravilhoso espetáculo! Eu não o perderei porque sempre admirei danças folclóricas eslavas e , pelo que vi neste vídeo, este grupo supera todos os outros em virtuose. Quando vierem em Belo Horizonte, lá estarei !!

    Responder a esse comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Dora e a Cidade Perdida

Facebook

O Clube dos Canibais
Meu Nome é Daniel