Exposição “Novos Mosaicos – A Tinta de Pedra”, com 40 trabalhos de vários moisacistas comandados por Bea Pereira

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 27 dezembro, 2011 04:20

Exposição “Novos Mosaicos – A Tinta de Pedra”, com 40 trabalhos de vários moisacistas comandados por Bea Pereira

Reafirmar a importância do mosaico na história das artes plásticas é uma das propostas da exposição “Novos Mosaicos – A Tinta de Pedra”, que ocupa o mezanino do Memorial de Curitiba, a partir das 9h do dia 17 de Dezembro. São 40 trabalhos criados por vários mosaicistas comandados por Bea Pereira, que retratam a evolução da técnica ao utilizarem novos materiais com liberdade criativa. A mostra permanece aberta até o dia 22 de janeiro de 2012, com entrada franca.

 

A ideia de levar ao público experiências inovadoras com o mosaico sempre norteou o trabalho de Bea Pereira, mostrando que a “tinta de pedra” usada há milênios pode também ser contemporânea. As peças resultam de um trabalho delicado, que se reveste de paciência e organização. O mosaico, arte de rara beleza, encerra em seu propósito a transformação de materiais, fermentada pelos anseios de cada artista.

 

O mosaico

 

Nenhum mosaico é idêntico ao outro, pois cada trabalho oferece a oportunidade de criação individual. Formado por peças chamadas tesselas, que são colocadas e fixadas de forma ordenada em uma superfície rígida e unidas por rejunte, é a arte de fragmentar para depois reordenar. A ação de fracionar para depois recompor incorpora criatividade e permite criar obras únicas, nascidas do desafio de vencer os limites impostos pela dificuldade no manuseio e corte dos diversos materiais empregados.

 

O método de construção do mosaico não sofreu alterações significativas ao longo dos séculos. Os mosaicistas ainda preparam tesselas que são assentadas com algum tipo de adesivo. A grande mudança ocorrida desde o tempo dos romanos fica por conta dos materiais. O mosaico, inicialmente usado apenas na arquitetura, passou a revestir todo e qualquer tipo de objeto.

 

Hoje, fazer mosaico é uma forma de expressão individual, na qual o mosaicista cria e executa a obra para sua satisfação pessoal, sem compromisso com regras pré-estabelecidas, podendo criar, misturar, encontrar objetos, reciclar materiais, fazer qualquer coisa que se possa imaginar. Mas mesmo com essa liberdade de criação, existem técnicas que devem ser seguidas, assim como materiais, bases e adesivos adequados para cada situação.

 

::: Serviço :::

Exposição “Novos Mosaicos – A Tinta de Pedra”, com 40 trabalhos de vários moisacistas comandados por Bea Pereira.

Local: Mezanino do Memorial de Curitiba (Rua Claudino dos Santos, 79 – Centro Histórico).

Data: de 17 de dezembro de 2011 (abertura às 9h) a 22 de janeiro de 2012.

Horário de visitas: de terça a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 18h; sábados e domingos, das 9h às 15h.

Visitas monitoradas: de terça a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 18h.

Informações pelo telefone (41) 3221-3328

Entrada franca

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 27 dezembro, 2011 04:20


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Brincando com Fogo

Facebook

Reino Gelado e a terra dos espelhos