Florrie, A Importância Extrema da Companhia Silenciosa

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 25 novembro, 2011 15:26

Florrie, A Importância Extrema da Companhia Silenciosa

Com poesia, inquietação artística e conteúdo multimídia, a Companhia Silenciosa se propõe à corajosa missão de levar estas histórias para o palco. Livremente inspirada no livro “As Mulheres Mais Perversas da Hist”.

 

O cenário traz a platéia para dentro da ação dramática. As cadeiras margeiam um corredor no qual a atriz encena, tendo ao fundo espaço para as projeções de vídeos, tudo num mesmo ambiente cênico. ória”, da britânica Shelley Klein, a peça “Florrie, A Importância Extrema”

 

Ficha Técnica

 

Concepção, Dramaturgia, Encenação e Maquiagem: Léo Glück
Elenco: Clarissa Oliveira
Direção de Vídeo e Still: Alessandra Haro
Figurino: Amabilis de Jesus
Sonoplastia: Jo Mistinguett
Iluminação: Wagner Corrêa
Assistente de Iluminação e Operador de Luz: Frank Sousa
Cenário e Design Gráfico: Henrique Saidel
Fotos de divulgação: Leco de Souza
Operação de Vídeos: Ata Hostin
Produtora: Meio-Fio Cultural
Direção de Produção: Dayana Zdebsky
Assistente de Produção: Kaley Michelle

 

::: Serviço:::

Espaço cultural: Teatro Novelas Curitibanas

Endereço: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1.222 – São Francisco – Curitiba
(41) 3321-3358
severo@fcc.curitiba.pr.gov.br

Ingresso: gratuito

Data(s): 17/11/2011 a 18/12/2011.

Horários: 20h (5ª feira a domingo)

Censura: 18 anos

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 25 novembro, 2011 15:26


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

MIB: Homens de Preto

Facebook

Kardec