Exposição no Edifício Planalto, do fotógrafo ensaísta Gal Oppido é prorrogada até o final de dezembro

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 24 novembro, 2011 19:03

Exposição no Edifício Planalto, do fotógrafo ensaísta Gal Oppido é prorrogada até o final de dezembro

”Edifício Planalto e o vizinho fotógrafo” exposição de Gal Oppido, abriu em 01 de setembro com término previsto para a primeira semana de novembro. Devido ao grande número de visitantes, a exposição foi prorrogada até o dia 31 de dezembro.

 

Tombado como Patrimônio Histórico e Cultural em 2002, o Edifício Planalto é constantemente cenário de filmagens e produções. O prédio foi projetado e construído na década de 50 pelo polêmico e intenso Artacho Jurado, autor de inúmeras obras em São Paulo, sendo algumas objeto de matéria na renomada Wallpaper. No ano de 2010, Fernando Durão cria o Up Art Espaço Cultural.

 

No total são 30 imagens captadas em câmeras 4×5, eletrônica e via celular/instagram, além de uma série de desenhos realizados pelo autor.

 

Arquiteto de formação, o paulistano Gal Oppido divide com ensaios sobre o corpo e desenhos, obras que são leituras sobre as cidades. Sua primeira foto publicada internacionalmente pela revista francesa Zoom (1986), é justamente uma imagem que esta presente na exposição.

 

TEXTO DO ARTISTA

 

“Artacho Jurado me lembra os sambas-de-breque que Moreira da Silva cantava, onde percorria vários ambientes dentro de uma canção a beira de um colapso. Em anos de edifícios introspectivos e/ou carregados dos novos conteúdos que a arquitetura nativa expunha, Artacho promove uma festa de arromba pancromática, totem-hortências, confeitos gigantes que brotavam na floresta concreta paulistana, misturando Frank Sinatra com Cidade Ocian, Las Vegas com Pampulha e chiclete com banana. Se Carmen Miranda, mirando essas peças arquitetônicas, exclamasse um “wow” vital, estaria jurando que Artacho enfim traduzia o vestuário da urbanidade brasileira.

 

A leitura que o desenhador traduziu, produzindo curtos-circuitos entre aqui e acolá, resultou em instalações de moradias alegóricas bravamente funcionais. Sua origem aninhada dentro de uma família anarquista espanhola, nos faz entender Gaudís e Dalís, mestres em achar exceções às regras.

 

Como captador de imagens, o “Edifício Planalto” junto com o “Viadutos” formam cenário familiar para meus olhos que vivem entre os dois desde 1974.

 

Como residente em projeto de Eduardo Kneese de Melo, arquiteto emblemático da nova arquitetura vertical paulista, apreendi a diversidade divertida desta cidade que de caos não tem nada; tem tudo” . Gal Oppido

 

::: Serviço :::

Inauguração: 01 de setembro a 31 de dezembro de 2011

Local: UP ART

Espaço Cultural Condomínio Planalto

Endereço: Rua Maria Paula, 279, Bela Vista

Horários: segunda à segunda: das 07h às 22h

Entrada gratuita

Censura livre

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 24 novembro, 2011 19:03


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Brincando com Fogo

Facebook

Reino Gelado e a terra dos espelhos