Astronautas, de Maria Borba, em curta temporada no Teatro Glaucio Gill no Rio de Janeiro

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 15 outubro, 2011 03:10

Astronautas, de Maria Borba, em curta temporada no Teatro Glaucio Gill no Rio de Janeiro

O que a ciência tem a dizer sobre a origem do universo nos dias de hoje? Tendo este questionamento como ponto de partida, o espetáculo Astronautas, concepção e direção geral de Maria Borba, aborda a inquietude dos homens quando o assunto é a origem do mundo. A peça mistura textos científicos, literários e filosóficos, aulas de física, cenas de filmes, imagens diversas, música, fotografias e cenas do cotidiano e estará em cartaz, de 22 a 31 de outubro, no Teatro Glaucio Gill.

 

No início de 2010, Maria Borba foi convidada por Aderbal Freire Filho para uma residência no Teatro Poeira como artista convidada. O objetivo era o desenvolvimento de uma pesquisa que não estivesse diretamente vinculada a um espetáculo teatral. A ideia central era estabelecer um paralelo e uma investigação a partir do pensamento científico e das diferentes formas de raciocínios artísticos. Nesta missão, juntaram-se a Maria Borba, profissionais e estudantes de diversas áreas como arquitetura, artes plásticas, literatura, cinema, teatro, filosofia e música – buscando tornar a pesquisa mais rica possível do ponto de vista dos diferentes olhares.

 

No grupo, estavam a montadora Sofia Karam, o músico Augusto Malbouisson, a produtora Isabel Lessa e o arquiteto Bruno Siniscalchi. Desta pesquisa intensa, nasceu a necessidade da realização de um espetáculo. Uniram-se ao grupo inicial o músico e produtor musical Dany Roland, o artista plástico Otavio Schipper e a designer Camila Luz. A peça é o resultado prático dessas questões. O contraponto com a música é fundamental, é o que traz a dimensão do humano em meio as grandes ideias da filosofia, da ciência e da arte.

 

Maria Borba vem dialogando e vivenciando espaços de conhecimento diferenciados e nesse projeto há uma interseção destes caminhos. Formada em Física com mestrado em Cosmologia, já navegou por diversas experiências artísticas, participando como assistente em óperas, espetáculos, shows e exposições; como autora e diretora montou o espetáculo “Exercício nº 2: Formas Breves” que estreou em 2009, no Teatro Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Se forma a partir do trabalho contínuo com Bia Lessa, Luiz Alberto Oliveira, Alberto Renault, Otávio Müller, Monique Gardenberg e Mário Novello.

 

Astronautas estreou em abril deste ano no Espaço SESC, em Copacabana, esteve em temporada no Teatro do Parque das Ruínas e, a convite da ocupação Complexo Duplo, fará seis apresentações no Teatro Gláucio Gill, com apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro.

 

::: Serviço :::

“ASTRONAUTAS”

Reestreia 22 de outubro, às 21h

Até 31 de outubro

Sábado e segundas, às 21h.  Domingo, às 19h.

Teatro Glaucio Gill (Café)

Praça Cardeal Arcoverde s/n – Copacabana

Informações: (21) 2332-7904

Funcionamento da bilheteria: de quarta a segunda, a partir das 16h.

Capacidade: 40 lugares

Classificação etária: livre

Duração: 80 minutos

Ingressos: R$20 (inteira)/ R$10 (meia)

 

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 15 outubro, 2011 03:10


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Era uma vez em Hollywood

Facebook

Socorro Virei uma Garota!