Exposição gratuita reúne Inos e Sandro Corradin para celebrar o Mês dos Pais

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 julho, 2011 02:05

Exposição gratuita reúne Inos e Sandro Corradin para celebrar o Mês dos Pais

Os artistas plásticos Inos Corradin e Sandro Corradin reúnem grandes obras de seus acervos na mostra celebrativa “Pai e Filho”, em exposição no Club Transatlântico. Considerado um dos maiores expoentes da arte brasileira na atualidade, Inos acumula quase seis décadas de trajetória artística, reconhecida internacionalmente. Sandro segue os passos do pai e já figura entre os destaques das novas gerações. A programação pode ser conferida gratuitamente até o dia 1º de setembro.

 

Com mais de 200 exposições internacionais, incluindo individuais em Israel, Alemanha, Suíça, Estados Unidos, Argentina, Uruguai, Holanda e Canadá, Inos Corradin é natural de Piemonte (Itália). Naturalizou-se brasileiro ainda na década de 1950, quando desde então fixou residência na cidade de Jundiaí (SP), depois de uma rápida passada pela Bahia, onde conviveu com Jorge Amado, Carybé e Mario Cravo Júnior, que influenciaram a doçura e alegria de seus traços e composições.

 

A temática de sua pintura é vasta, com destaque para paisagens, natureza-morta e figuras. Em todo seu trabalho, Inos desenvolve uma filosofia da cor e uma cultura de sentimentos a partir de sua própria perspectiva: “O pintor sincero expressa sua espiritualidade em suas obras. A tela tem que refletir a personalidade do artista”, afirma.

 

Tal pai, tal filho

 

A dedicação de Inos às artes plásticas despertou o interesse no filho, Sandro. “Desde os 15 anos eu desenhava no ateliê do meu pai. Lá, observava o seu trabalho e, no início, simplesmente o imitava. Isso desde as primeiras horas do dia, ao longo de vários anos”, conta.

 

Nascido em Ibiúna, também adotou Jundiaí como sua cidade. Formou-se em arquitetura, mas sempre teve atuação no campo artístico. Participou de salões de arte contemporânea em Piracicaba e Santo André, e realizou exposições individuais e coletivas na Itália e no Brasil.

 

Seus quadros abordam a temática lúdica e infantil. Natureza morta, objetos domésticos, caricaturas e charges ganham traços alegres e coloridos. Através da arte finalização com lápis grafite, suas obras assemelham-se a uma animação gráfica.

 

A comparação entre as obras dos dois é inevitável, porém, não causa incômodo. No entanto, segundo esclarece Sandro, “há uma relação apenas na temática, pois ambos os trabalhos são alegres. Mas cada um tem suas características e modos de pintar”.

 

A exposição “Pai e Filho” está em cartaz no Foyer Cultural do Club Transatlântico, que está localizado na que está localizado na Rua José Guerra, 130, Chácara Santo Antônio, Santo Amaro (próximo à estação Granja Julieta da CPTM). O horário para visitação é das 9h às 22h, de segunda a sexta-feira, com entrada gratuita. Todas as obras estarão à venda no local.

 

::: Serviço :::

Pai e Filho
Exposição até 1º de setembro
De segunda a sexta-feira, das 9h às 22h
Entrada gratuita
Obras estarão à venda
Classificação indicativa para todas as idades

Club Transatlântico
Rua José Guerra, 130, Chácara Santo António, Santo Amaro – São Paulo (próximo à estação Granja Julieta da CPTM)
Mais informações em (11) 2133-8603 ou www.clubtransatlantico.com.br

 

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 28 julho, 2011 02:05


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook