FLUXUS 2011 : Um lugar expandido para o cinema

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 8 julho, 2011 03:40

FLUXUS 2011 : Um lugar expandido para o cinema

Qual é o lugar para se ver um filme? No cinema, em casa na TV, no computador? O lugar predeterminado para acontecer a experiência cinematográfica vem se expandido nas últimas décadas. Extrapolou há muito os parâmetros da caixa escura. Há 11 anos, o Fluxus – Festival Internacional de Cinema na Internet propõe que o cinema esteja online em www.fluxusfestival.com: ver filmes, compartilhar, o cinema como informação e formação cultural.

 

Ao Fluxus interessa exibir o cinema contemporâneo de curta duração produzido seja por novos talentos ou por cineastas premiados que contribuam para a arte do audiovisual. Festival exibe 34 filmes em competição no SESC Pompeia e no site do festival.

 

 

A oitava edição do Fluxus 2011 apresenta 34 filmes na mostra competitiva. São filmes de ficção, documentários, animações e vídeos experimentais, captados em diferentes suportes  – digital, 35mm, Super8, Super 16, miniDV – e realizados em 18 países. Todos eles poderão ser vistos no site do Fluxus – www.fluxusfestival.com – a partir do dia 28 de junho.

 

Além da site, o Fluxus propõe também uma nova concepção para se ver filmes e participar do festival. No SESC Pompeia, de 29 de junho a 31 de julho, doze telas exibem simultaneamente os 34 filmes da mostra competitiva. O espectador percorrerá um circuito circular de exibição, em que poderá transitar por entre as telas, escolher qual curta quer ver. Não há sessões, nem horários marcados. O espectador faz seu trajeto, é responsável pela sua programação.

 

O Fluxus 2011 – Festival Internacional de Cinema na Internet é apresentado pela Petrobras, através da Lei Rouanet – Ministério da Cultura. A exposição no SESC Pompeia é uma realização do SESC e tem produção e idealização da Zeta Filmes.

 

Os filmes da mostra competitiva foram escolhidos entre 1.200 filmes inscritos. Os selecionados trazem o frescor da diversidade de temas e formas inusitadas de retratá-los. As ficções são a maioria, entre elas, as relações amorosas em destaque como em “15 verões mais tarde”, do espanhol Pedro Collantes e “Alfama”, do português João Viana. Entre os cinco documentários da competição destaque para o íntimo e pessoal “Adeus, Mandima” de Robert-Jan Lacombe; e a vida isolada na Galícia em “Rural Pretérito”, das irmãs Sonia e Miriam Albert Sobrino. O cinema brasileiro está presente com cinco filmes: do documentarista mineiro Marcos Pimentel,“Taba”; novos diretores de ficção Laura Lima (“Um Par”) e Stefano Capuzzi Lapietra (“Nalu”); o trabalho experimental do paulista Alfredo Hisa(“Nearby”) e, finalmente, a inventividade do mineiro CarlosMagno Rodrigues com “Drop in the Darkness”.

 

O Melhor Filme será eleito pelo voto do público no site do festival, mas será decidido também pelo voto dos convidados da Rede Fluxus. A partir de julho, e durante quatro meses, 50 convidados, selecionados entre formadores de opinião, artistas, jornalistas, cineastas, etc., não serão responsáveis apenas em votar, mas também farão indicações de filmes e comentários que serão replicados no Twitter e no Facebook. A ideia do Fluxus é criar no site do festival uma rede criativa e crítica sobre os filmes. O Melhor Filme será anunciado em novembro quando o Fluxus abre uma nova exposição no Oi Futuro, de Belo Horizonte.

 

Fluxus 2011 em números:

>  Mostra Competitiva: 34 filmes  > 18 ficções, 9 experimentais, 5 documentários e 2 animações.
> 18 países: Brasil (5 filmes), Coreia do Sul (5), Espanha (5), França (3), Suíça (2),  Irã (2), e, com um filme cada, Alemanha, Argentina, Bélgica,  Estados Unidos,  Holanda, Indonésia, Inglaterra, , Portugal, Rússia, Taiwan, Turquia, Ucrânia.

 

::: Serviço :::

Fluxus 2011 – 8º Festival Internacional de Cinema na Internet
Site:www.fluxusfestival.com
twitter: @fluxus_festival
facebook.com/fluxusfestival

 

Galeria Fluxus no SESC Pompeia
Abertura: 28/06 às 19 horas
Quando: 29/06 a 31/07
Horário de funcionamento: terça a sábado das 10h às 21h, domingos e feriados, das 10h às 20h.
SESC Pompeia
Rua Clélia, 93
Tel – 3871.7700 – 0800 11 8220
email@pompeia.sescsp.com.br
sescsp.org.br – facebook.com/sescpompeia

 

Agenda Fluxus 2011
28.06 > Abertura da mostra competitiva no site do festival e abertura da exposição no SESC Pompeia, em São Paulo.
21.07 > Início da Rede Fluxus.
08.11 > Anúncio do vencedor (escolhido pela Rede Fluxus e pelo público) e abertura da exposição na Galeria do Oi Futuro, de Belo Horizonte.

Rafael Guirra
Por Rafael Guirra 8 julho, 2011 03:40


Escreva um comentário

Nenhum comentário

Ainda não há comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar este post.

Escreva um comentário
Leia os comentários

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*

Aprendiz de Espiã

Facebook